Novo Golpe! Bandidos usam teste de vida do INSS para aplicar GOLPE aos aposentados; Veja detalhes


Os titulares de documentos do INSS devem estar atentos a um novo golpe nos aposentados. Bandidos usam a prova de vida para realizar o roubo de informações de vítimas seguradas no Instituto Nacional do Seguro Social. Contato feito por fraudadores através de telefonemas e até via WhatsApp.

Declaração


Não é de hoje que aposentados e aposentados do INSS são alvos de assédio de fraudadores que buscam coletar dados e informações das vítimas para aplicar fraudes financeiras. Desta vez, os criminosos utilizaram o Guia de Vida anual, que vem sendo implementado desde fevereiro, cruzando dados, sem ter que ir pessoalmente ao banco.


O golpe da prova de vida nos aposentados


Com a mudança no teste do INSS para os procedimentos de vida, os segurados devem ir ao banco somente se solicitados a fazê-lo. No entanto, os fraudadores scam aposentados, criando um contato que solicita uma imagem para finalizar o procedimento. 


O Instituto alerta que os criminosos passam pelo Instituto para solicitar dados e fotografias do segurado e, assim, realizar transações irregulares em nome de aposentados e aposentados.


"O INSS não entra em contato com você através de mensagens telefônicas ou aplicativos como WhatsApp, ligações ou e-mails para prestação de serviços de empréstimo consignado, e não envia motoboys para a casa dos beneficiários. Extratos como senhas e dados bancários não devem ser passados em nenhuma circunstância."


A orientação fornecida pela Agência é que os segurados que recebem tal chamada não forneçam nenhuma informação pessoal. Além disso, o Instituto reitera que não faz uma ligação telefônica para o processo à prova de vida.


Criminosos realizam nova fraude em aposentados


Os fraudadores que atuam por telefone e WhatsApp às vezes também podem criar uma conexão por e-mail, mensagem e SMS. Se for identificado um golpe de estado, o aposentado deve informar a situação através do site Fala.BR ou através da central pelo telefone 135.


Segundo o INSS, o Instituto pode ser contatado com o segurado em casos específicos, onde determinados procedimentos, solicitações e consultas são geralmente notificados, mas em qualquer ocasião não serão solicitadas informações como senhas, nome da mãe ou CPF.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem