25.3 C
São Paulo
domingo, abril 21, 2024
- Publicidade -spot_img

Fique atento! Veja como saber se o seu CPF está sendo usado ilegalmente

Leia Mais

A proteção de dados tornou-se uma grande preocupação para todos no mundo moderno, especialmente após as mudanças introduzidas pela digitalização das informações. Para evitar fraudes financeiras e outros golpes, é importante que os brasileiros monitorem o uso do CPF.

Não é raro encontrar pessoas que caíram em esquemas criminosos que usam o documento, por exemplo, para abrir uma conta bancária e solicitar empréstimos em nome da vítima. Se você não quer ter uma surpresa tão desagradável, é bom observar os movimentos.

Como fiscalizar CPF?

São muitas as ferramentas de órgãos e empresas confiáveis que permitem o monitoramento de documentos, como as do Instituto Nacional de Trânsito (Denatran), da Receita Federal, do Serasa e do SPC Brasil.


Por meio do site do Denatran, as infrações de trânsito podem ser consultadas, além de receber uma mensagem de “documento sem restrições”, indicando que o CPF não tem pendências relacionadas a questões de trânsito.

No site ou no aplicativo de birô de crédito Serasa Experian, o cidadão pode acompanhar consultas ao CPF para realizar operações de crédito nos últimos 90 dias, além de verificar eventuais débitos negativados em seu nome. A plataforma conta com um serviço pago que permite o acesso ao histórico de agendamentos por meio do Serasa Score.

CPF

Outro serviço semelhante é oferecido pela SPC Brasil. Com a plataforma SPC Visa, o usuário recebe notificações via e-mail ou SMS sobre eventuais alterações feitas no CPF, como consultas feitas por empresas e alterações no score de crédito.

As redes sociais também estão na mira

Para evitar transações indevidas nas redes sociais, como a criação de perfis falsos e filiações partidárias não consensuais, os cidadãos devem realizar buscas no Google usando seus nomes e CPF. Esse processo tem como objetivo detectar possíveis usos irregulares do seu documento.

A recomendação em caso de fraude é entrar em contato com a empresa ou organização responsável e informar o ocorrido. Também é interessante registrar um boletim de ocorrência para se proteger de possíveis desdobramentos

Bruno Ferreira
Bruno Ferreirahttp://redebrasilnews.com.br/
Além de sua atuação nas redações, Bruno Ferreira também explorou a era digital, envolvendo-se em projetos de mídia online, podcasts e outras formas inovadoras de contar histórias. Sempre em busca de novas formas de se conectar com o público, um defensor incansável da liberdade de imprensa e da importância do jornalismo independente na sociedade contemporânea.

Últimas Notícias