PIS/Pasep: Caixa Econômica Federal vai liberar novos pagamentos no mês de Julho?

Imagem: Reprodução/Google


Os trabalhadores brasileiros ainda podem ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep. Isso porque milhares de pessoas pararam de aproveitar 2019 e 2020. Para as pessoas mais "esquecidas", o governo federal emitiu uma nova janela de resgate, que vai até dezembro deste ano. Mas para quem você trabalhou em 2021, o saquê sairá em julho?


Infelizmente, não. O que acontece é que, em 2020, uma nova rodada de pagamentos salariais começou no sétimo mês. No entanto, devido à epidemia e à criação do Programa emergencial de Emprego e Manutenção de Renda (BEm), o governo federal foi obrigado a atrasar o calendário em um ano.


Na prática, isso causou a liberação de problemas no primeiro trimestre de cada ano, afetando, em última instância, os salários de milhões de trabalhadores.


Portanto, o que ilustra a dúvida, nenhum pagamento do PIS/Pasep será realizado em julho para o ano-base 2021. Pagamentos de valores anteriores estão disponíveis apenas.


Quem tem direito ao abono salarial do ano base 2021?


Para receber os valores desta rodada de pagamentos, os trabalhadores devem cumprir as seguintes condições:


  • Trabalhar em 2021 com carteira assinada por pelo menos 30 dias, consecutivos ou não;
  • Estar com informações atualizadas pelos empregadores na lista anual de informações sociais (Rais);
  • estar cadastrado no PIS/Pasep por pelo menos cinco anos;
  • Em 2021, ele deve ter recebido um salário médio mensal de até dois graus mínimos;

Nova rodada de pagamentos do PIS/Pasep


Muitos cidadãos aguardam um novo pagamento do abono salarial do PIS/Pasep para julho, de acordo com os calendários antigos do programa. No entanto, para 2022, o governo federal decidiu emitir um cronograma de transferência apenas para quem trabalha em 2020, em depósito de valores entre fevereiro e março.

 

Nesse sentido, não há previsão de uma nova rodada de teto salarial em 2022, uma vez que o executivo emitiu espaço orçamentário para apenas uma rodada de pagamentos, neste caso, indicando o ano-base de 2020.


Por fim, sem projeções orçamentárias, a projeção é que os trabalhadores que trabalharam oficialmente em 2021 recebam o abono a partir do início de 2023. Quaisquer dúvidas sobre valores e calendários podem ser respondidas no aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou telefone 158.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem