Leilão da Receita Federal está leiloando iPhone 13 Pro Max com valor a partir de R$ 900

Imagem: Reprodução/Google

Muitas vezes, a Receita Federal de São Paulo apreende os mais diversos produtos importados por meios não legais. Quando isso acontece, um leilão é feito com os produtos e, desta vez, o lote com celulares de diversas marcas tem chamado a atenção de várias partes interessadas.


Em um dos lotes é possível concorrer ao iPhone 13 Pro Max pelo lance inicial de R$ 900. O valor é oito vezes menor do que o encontrado em grandes varejistas. No entanto, vale lembrar que durante o leilão, esse preço pode aumentar indefinidamente.


Além disso, os responsáveis pelos lances vencedores devem providenciar a retirada dos dispositivos pessoalmente ou fretados. A Receita Federal também não garante o funcionamento dos produtos.



iPhone 13 Pro Max é cobiçado na receita do Leilão


O lote 32 é o que contém o iPhone 13 Pro Max, em bom estado. Possivelmente, este será o produto com mais lances, e o preço inicial de R$ 900 dificilmente será o valor da armatação.


Há também outras opções para quem gosta de itens eletrônicos. O lote 23 oferece um iPad, um iPhone, AirPods e acessórios como relógio de pulso e óculos de sol. O lance inicial é de 700 dólares. O lote 39 tem dois Apple Watch, um notebook Lenovo e uma caneta notebook Lenovo pelo lance inicial de US$ 380.


Como participar do Leilão


Qualquer pessoa física pode participar do leilão virtual, mas é necessário ter o certificado e-CAC, que é adquirido separadamente, além de um código de acesso, obtido através do mesmo portal da Receita Federal.


Somente com o certificado é possível acessar o sistema online que permite lance. Os interessados têm pouco tempo sobrando, pois a receita só receberá propostas por lote até a próxima segunda-feira, 16 de maio.


Pagamentos com cartão de crédito aumentam em 42%


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem