Pela primeira vez, Prefeitura emite carteirinha de prioridade para pessoas com autismo

 

Imagem: Divulgação/Prefeitura de Cruz das Almas


Nesta segunda-feira (04), a Prefeitura municipal de Cruz das Almas, por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setras), entregou 47 Carteiras de Identificação do Autista (CIA). O documento destina-se a pessoas diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e tem como objetivo garantir prioridade no atendimento e acesso a serviços públicos e privados nas áreas de saúde, educação, assistência social, entre outras.


A prioridade também inclui supermercados, bancos, farmácias, restaurantes, lojas e instituições em geral. Essa era uma demanda antiga e hoje podemos garantir esse direito para as famílias. O serviço é totalmente gratuito, disse o secretário titular da Setras, Soze Bispo.


A emissão dos cartões foi instituída pela Lei Municipal nº 2.711, de 24 de janeiro de 2020. Esta é a primeira vez que o município registra a população com autismo e entrega os cartões aos cidadãos. O documento contém informações para facilitar o contato com os familiares, como endereço, nome do responsável e número de telefone.


Para emitir a Carteira de Identificação do Autista, é necessário ir até a sede da Setras e apresentar RG, CPF da pessoa diagnosticada com TEA e seu representante legal, comprovante de residência, laudo médico atestando a condição de TEA, termo de tutela ou custódia no caso de menores (caso o representante legal não seja o pai),   termo curatela para maior, no caso de Interdição e fotografias 3x4.


Nos últimos dias, a Prefeitura tem realizado ações para marcar a Semana Municipal de Conscientização do Autismo. Nesta sexta-feira (01), a Secretaria de Saúde realizou uma reunião para pessoas autistas, familiares e cuidadores com especialistas e profissionais do Centro Especializado de Reabilitação (CER). 


A Secretaria de Políticas Especiais, em parceria com o grupo TEAceito, promoveu a ExpoTEA no Dia Mundial de Conscientização do Autismo, comemorado neste sábado (02). A exposição foi um espaço de diálogo e troca de experiências, além de ter uma mostra de desenhos. A programação continua nesta semana com panfletagem e outras ações.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem