INSS: Grupo de segurados recebe um aumento de 25% na folha de pagamento; Veja

Imagem: Reprodução/Google

Você sabia que aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem aumentar seus benefícios em até 25%? A vantagem em questão é a assistência contínua, dos quais os recursos devem ser utilizados por pessoas que precisam da ajuda de terceiros para realizar tarefas cotidianas.


Ou seja, o segurado do município que não conseguir preparar sua própria alimentação ou se higienizar, por exemplo, pode solicitar o aumento de 25% no benefício pago na folha de pagamento. Nesse sentido, os recursos adicionais servem exclusivamente para o pagamento de uma pessoa ou cuidador que, em seguida, ajudará o aposentado nessas questões.


O pagamento desse subsídio está descrito na Lei 8.213/91, presente na Constituição Federal, cujo tema trata da dignidade humana. Basicamente, atua como um benefício de invalidez, destinado a segurados do INSS totalmente incapazes de retornar ao trabalho ou atividade profissional.


Lista de doenças que dão direito ao aumento de 25% na aposentadoria do INSS


Confira abaixo quais doenças dão direito ao INSS de um aumento extra:


  • Em caso de perda de uma das mãos e dois pés, mesmo que a prótese seja possível;
  • Em caso de perda de um membro superior e um membro inferior, quando a prótese é impossível;
  • Quando as faculdades mentais mudam com grave perturbação da vida orgânica e social;
  • Em caso de doença que exija permanência contínua no leito;
  • Incapacidade permanente para atividades de vida diária;
  • Em caso de cegueira total;
  • Em caso de perda de nove dedos ou superior a isso;
  • Em caso de perda dos membros inferiores, acima dos pés, quando a prótese é impossível;
  • Quando há paralisia dos dois membros superiores ou inferiores;

Vale lembrar que o aposentado ou pensionista também pode alcançar o aumento de 25% se ele se tornar inválido após a liberação da aposentadoria pela previdência social.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem