Atenção aposentados e pensionistas; Teto do INSS alcançou R$ 7.087,22; Confira o que fazer para receber esse valor no benefício.

Imagem: Reprodução/Google

Na semana passada foi publicado o índice de ajuste de aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para este ano de 2022. Segundo as informações publicadas, o teto do INSS subiu, atingindo o valor de R$ 7.087,22.


Com isso, torna-se cada vez mais difícil para as pessoas que querem se aposentar com o valor do teto, para alcançar tal feito. Segundo especialistas, nem sempre é pago para fazer a contribuição com valores maiores para receber o valor máximo do benefício.


Veja como chegar ao teto de R$ 7 mil no SuS

Em suma, receber o teto do INSS ao se aposentar não é tão simples. Primeiro, você precisa ter um planejamento financeiro bem feito e executável.


Mas existem algumas formas de conseguir o pagamento do teto do INSS na aposentadoria, e uma delas é pelo tempo de contribuição. Neste caso, os homens precisam contribuir para a Previdência Social por pelo menos 40 anos. Para as mulheres, o tempo mínimo de contribuição é de 35 anos. Além disso, o valor médio da contribuição deve ser igual ou superior ao teto.


De acordo com a nova regra de cálculo, é necessário um coeficiente de 60% da média das contribuições. No caso dos homens, serão cobrados 2% a mais para cada ano superior a 20 anos de contribuição, e para as mulheres o mesmo, mas a partir do momento que exceder 15 anos de contribuição.


Se a média de contribuição não atingir o teto atual, será necessário que os homens contribuam por mais 40 anos, e as mulheres por mais 35 anos. Dessa forma, é possível atingir o valor máximo dos benefícios.


Especialistas dizem que é muito difícil para qualquer pessoa atingir o teto atual do INSS apenas com a média. Portanto, é provável que seja mesmo necessário compensar com o aumento do coeficiente, aumentando o tempo de contribuição. Mas primeiro, é essencial fazer um planejamento previdenciário.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem