Trabalhadores com carteira assinada já podem solicitar o benefício de R$ 550; Saiba mais.

Imagem: Reprodução/Google

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já está liberando a concessão do auxílio-inclusão no valor de meio salário (R$ 550 em 2021) para os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que ingressarem no mercado de trabalho, conseguindo assim um emprego de carteira assinada.


Auxílio de R$ 550

Para ter acesso ao auxílio de R$ 550, é necessário ser inscrito no BPC e conseguir um emprego de carteira assinada.
O benefício será destinado aqueles com rendimento familiar de até dois salários mínimos (R$ 2.200) onde o beneficiário deve ter recebido ao menos uma parcela do BPC nos últimos cinco anos.


Confirme divulgado pelo Ministério da Cidadania, não há um prazo definido para a resposta da solicitação do benefício, contudo, não será necessário a realização de uma perícia, afinal, para garantir o BPC o beneficiário já passou por uma perícia.


Quem pode receber

Para garantir acesso ao auxílio-inclusão é necessário que a pessoa com deficiência cumpre os seguintes requisitos:


  • A pessoa com deficiência que receba BPC, trabalhe ou comece a trabalhar.
  • É necessário que o benefício do BPC esteja:
  • ativo;
  • suspenso ou cessado nos últimos 5 anos imediatamente anteriores ao início  da atividade remunerada; ou
  • suspenso por ingresso ao mercado de trabalho.


 Veja Também:

 

Importante: A remuneração da pessoa que trabalha deve ser de até dois salários mínimos.


Para fins de cálculo da renda familiarper capita serão desconsideradas:


  • As remunerações obtidas pelo beneficiário, desde que o total recebido no mês seja igual ou inferior a dois salários mínimos;
  • As rendas oriundas dos rendimentos decorrentes de estágio supervisionado e de aprendizagem.

Como solicitar


Para solicitar o benefício basta seguir os passos abaixo:


  • Acesse a plataforma Meu INSS também disponível para celulares Android e iOS;
  • Clique no botão Novo Pedido;
  • Digite o nome do serviço/benefício que você quer;
  • Na lista, clique no nome do serviço/benefício;
  • Leia o texto que aparecerá na tela e informe seus dados para avançar.
  • Documentação em comum para todos os casos
  • Número do CPF
  • CadÚnico atualizado  
  • Se for procurador ou representante legal
  • Procuração ou termo de representação legal (tutela, curatela, termo de guarda);
  • Documento de identificação com foto (RG, CNH ou CTPS) e CPF do procurador ou representante.

Para acompanhar e receber a resposta do seu processo:


  • Entre no Meu INSS;
  • Clique no botão Consultar pedidos;
  • Encontre seu processo na lista;
  • Se quiser ver mais detalhes, clique em detalhar.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem