Veja as 7 dicas simples para combater a azia ou queimor estomacal.

Imagem: Reprodução/Google

A azia é uma situação bastante desconfortável e cujos sintomas podem ser aliviados através de medidas simples, como melhorar hábitos alimentares, aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras, evitar beber durante as refeições e comer pelo menos 2 horas antes de dormir, por exemplo.


A azia ocorre devido à chegada do suco gástrico ao esôfago, que causa a sensação de desconforto e queimação, além de arrotos e mau gosto na boca, o que pode acontecer devido à gravidez, hábitos alimentares saudáveis, sobrepeso ou uso de medicamentos.

Conheça as principais causas da azia.


Embora os sintomas da azia possam ser facilmente combatidos através de mudanças de hábitos, se persistentes, é importante que o gastroenterologista seja consultado para que seja possível definir a causa desses sintomas e, assim, ser possível iniciar o tratamento mais adequado.


Algumas dicas para aliviar a azia e diminuir a frequência dos sintomas são:


1. Evite alimentos que causem azia

Alimentos que causam azia causam liberação excessiva de suco gástrico porque são mais difíceis de digerir ou porque contêm muitos conservantes, gorduras ou açúcares. Entre esses alimentos estão todos industrializados, como biscoitos, alimentos congelados, molhos, salsichas e refrigerante, por exemplo. 


Além disso, há alimentos que, apesar da origem natural, causam azia exigindo esforço extra do estômago para digestão, como frutas cítricas, pimentas e bebidas que contêm álcool ou cafeína, como vinho, chá verde, chá preto e café.


Confira uma lista mais completa de alimentos que você deve evitar.


2. Inclua alimentos facilmente digeridos na dieta

Os alimentos mais adequados para quem sofre de azia, são principalmente os de origem natural e fácil digestão, como frutas não cítricas, legumes e vegetais em geral. Desta forma, o estômago não precisa produzir mais suco gástrico para dissolvê-los, evitando a azia.
 

Além disso, frutas como pera e ervas aromáticas, como manjericão e alecrim, por exemplo, podem ser usadas durante crises, para aliviar a sensação de queimação. Confira 6 remédios caseiros para aliviar a azia durante a crise.


3. Reduza a quantidade de alimentos nas refeições

Para reduzir a frequência de ataques de azia, é aconselhável que a pessoa reduza a quantidade de alimentos ingeridos por refeição. Isso porque quando o estômago está mais cheio do que o normal, ele pode acabar produzindo mais suco gástrico do que o necessário, além de facilitar o refluxo que piora a azia.


4. Deite-se 2 horas após a última refeição

Pessoas que sofrem de azia podem ter a boca do estômago mais aberta do que o normal, e ao deitar logo após a refeição o suco gástrico, que faz a digestão dos alimentos, pode acabar subindo e causar a sensação de queimação.


Além disso, é indicado que a posição ao deitar, é que no lado esquerdo do corpo, porque o estômago tem uma pequena curvatura que permanece para cima nesta posição, impedindo que o suco gástrico cause queimaduras na boca do estômago ou garganta.


5. Não beba e coma ao mesmo tempo

O consumo de líquidos durante as refeições, mesmo os de origem natural, como suco de frutas e até água, não é recomendado para quem sofre de azia. Sim, o ácido presente no estômago ao misturar com o líquido que foi ingerido dobra em quantidade, e isso torna mais fácil para o conteúdo gástrico ser capaz de subir para o esôfago, gerando a sensação de queimação.


Além disso, o consumo de sopas e caldos também não é indicado para quem sofre de azia.


6. Não pule as refeições ao longo do dia 

O suco gástrico está sempre sendo produzido pelo corpo, mesmo durante o sono. Dessa forma, pular refeições pode deixar a mucosa estomacal exposta por muito tempo em contato direto com o pH ácido do suco gástrico, causando queimaduras, e em casos mais graves até úlceras gástricas. Veja quais são os sintomas das úlceras gástricas e como o tratamento é feito.
 

7. Evite a obesidade ou o excesso de peso

O excesso de peso em alguns casos pode causar azia, já que o excesso de gordura ao redor dos músculos do estômago faz pressão, empurrando o suco gástrico para fora do órgão, causando queimaduras e até mesmo possível lesão no esôfago. Se a azia é causada por esses fatores, recomenda-se o acompanhamento com um nutricionista para que a redução de peso seja feita de forma saudável e adequada.


Veja o vídeo a seguir para obter mais dicas sobre o que fazer para aliviar os sintomas da azia e evitar que eles apareçam novamente:



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem