Banco Itaú demite funcionários após descobrir recebimento do benéfico do Auxílio Emergencial.

Imagem:Google

O Itaú decidiu demitir cerca de 50 funcionários que receberam ilegalmente as parcelas do auxílio emergencial no ano passado. O banco divulgou um comunicado interno para conscientizar os funcionários.


O auxílio emergencial foi criado pelo governo federal no início da pandemia coronavírus como forma de mitigar os impactos econômicos para as pessoas mais vulneráveis. Portanto, os trabalhadores formais não tinham direito a receber. 


As pessoas com mais de 18 anos tinham direito ao benefício sem emprego e cuja renda familiar mensal per capita fosse inferior a meio salário mínimo (R$ 522,50 na época), ou cuja renda total na família fosse de até três salários mínimos (R$ 3.135).


As regras do auxílio também não autorizavam o recebimento de parcelas de R$600 e R$300 para pessoas que tinham rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.


Ao ser questionado, o Itaú disse que "ao identificar que alguns de seus profissionais solicitaram atendimento emergencial prestado pelo governo federal, prática que caracteriza má conduta, o banco decidiu desligar esses funcionários". O Itaú conta com cerca de 96 mil funcionários.


No comunicado divulgado, o banco afirmou que "a ética é um valor fundamental, que deve ser cultivado não só nas decisões do banco, mas também de seus funcionários, que são orientados e treinados sobre o assunto de forma recorrente".


Os pagamentos de ajuda emergencial terminaram em dezembro do ano passado.
Segundo estimativas do pesquisador da Fundação Getulio Vargas Daniel Duque, cerca de 22 milhões de cidadãos que não eram pobres antes da pandemia em 2019 entraram na pobreza no início deste ano como resultado do fim dos pagamentos de auxílios e do aumento do desemprego. 


A ONG Ação da Cidadania projeta que 10,3 milhões de brasileiros sofrem com a insegurança alimentar, com um número crescente tendo a fome como rotina.


Itaú

O Itaú Unibanco é o maior banco privado do Brasil, maior instituição financeira da América Latina e um dos maiores do mundo.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem