Confira o Calendário do Caixa TEM para atualização de cadastros para receber o Novo Auxilio já começou! Veja detalhes do cronograma.

Imagem:Google

Candidatos ao pagamento do auxílio emergencial em 2021 devem ficar atentos aos calendários da Caixa Econômica Federal. Na última semana, a instituição financeira informou que está aberto o período de recadastramento no Caixa Tem.

O procedimento será obrigatório para determinar a triagem de inclusão dos novos segurados.


O auxílio emergencial foi confirmado para 2021, mas contará um corte no número total de contemplados. Dos 60 milhões que receberam o benefício em 2020, apenas 40 milhões deverão permanecer na folha de pagamento.


Para a definição dessa triagem, a Caixa está solicitando a atualização dos dados da população no Caixa Tem.


Validação no Caixa Tem

Antes de definir quem receberá ou não o benefício, o governo federal está convocando para que todos os segurados de 2020 renovem seus cadastros no Caixa Tem.


Somente aqueles que tiverem feito a atualização ficarão inclusos no processo de triagem para a seleção do pagamento neste ano.


O procedimento é simples e deve ser feito diretamente pelo aplicativo. Ao abrir a ferramenta, basta clicar na mensagem ‘atualização de cadastro’ e verificar se todos os informes de identificação pessoal, renda, endereço e meios de contato estão corretos. Feito isto, basta confirmar e validar o processo.


Calendário do novo cadastro no Caixa TEM

Para organizar o tempo de renovação dos cadastrados, a Caixa Econômica criou um calendário para que as atualizações sejam feitas. O início do processo foi feito nesse domingo (14) e se estenderá até o fim de março.

Auxílio emergencial – Calendário de atualização de cadastro no Caixa Tem




Fonte: Caixa Econômica Federal

Sobre a triagem e seleção no auxílio

A Caixa reforça que o processo de atualização não garantirá a inclusão do brasileiro no recebimento do abono.
Segundo a instituição, a renovação dos dados será necessária para que o ministério da cidadania faça o acompanhamento da situação de todos os vinculados.


Juntamente com a equipe da Receita Federal é que o governo definirá os novos contemplados. Os critérios de inclusão levam em consideração especialmente a situação de renda da população e a estrutura familiar.


Avaliação de outros programas

Por fim, o banco relembrou ainda que a atualização não deve ser feita apenas pelo auxílio emergencial. O Caixa Tem passou a ser utilizado também para o pagamento de outros abonos e benefícios como o Bolsa Família, FGTS e PIS/PASEP.
Isso significa dizer que a não validação pode invalidar o acesso nesses projetos.


A Conta Poupança Social Digital foi aberta para o pagamento dos benefícios emergenciais que ajudaram a reduzir os impactos causados pela pandemia na economia brasileira. Desde o dia 22 de outubro de 2020, com a sanção pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, da Lei nº 14.075/2020, o uso da Conta Poupança Social Digital foi ampliado para o pagamento de diversos outros benefícios sociais e previdenciários.