Conheça o Frugivorismo a dieta alimentar baseada em frutas.


Já ouviu falar de frugivorismo? A dieta é baseada apenas no consumo de frutas. Frugivorismo é um estilo de vida natural, livre de substâncias industrializadas, corantes, gorduras ou qualquer outro tipo de produto. De acordo com o portal Taeq, os fãs acreditam que os frutos podem atender a todas as nossas necessidades.

Mas em entrevista ao portal, a nutricionista Carine Rodrigues garantiu que uma dieta só com frutas não é suficiente para o bom funcionamento do corpo.


"O frugivorismo é uma dieta que se baseia no consumo exclusivo de frutas, que são consumidas cruas e cozidas, em todas as refeições do dia. Todas as frutas podem ser consumidas sem exceção. Por ser uma dieta muito restrita, que exclui outros grupos alimentares, não é indicada para a população em geral, pois a médio e longo prazo pode levar a importantes deficiências nutricionais", aconselhou o especialista ao Taeq. 


Para adotar essa dieta, mesmo que temporariamente, a pessoa deve consultar um nutricionista, fazer um check-up geral e adaptar gradualmente o cardápio (com todo o acompanhamento necessário).


Funcionamento e benefícios


A dieta de frutas, criada por um nutricionista americano Jay Robb, consiste em passar três dias comendo apenas frutas e um monte de proteína por dia. A ideia é funcionar como uma espécie de desintoxicação e auxiliar na perda de peso.


Durante a dieta, de acordo com o site minha vida, a pessoa só pode comer no máximo 1000 kcal por dia, sendo apenas 120 gramas de proteína magra no primeiro dia. No segundo e terceiro dia apenas 50 gramas.


O método incentiva o consumo de frutas, pois são fontes de vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras - nutrientes que desempenham funções importantes para o organismo.


Riscos


A nutricionista Carine Rodrigues explicou que a deficiência de vitamina B12 é comum entre os adeptos desse plano de dieta. "Essa vitamina é encontrada apenas em alimentos de origem animal, como carne, leite e ovos. A falta desse nutriente pode causar danos ao sistema nervoso", alerta Carine, que também sinalizou que nesses casos pode ser considerada a indicação de uma suplementação por um especialista.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem