Nova proposta 2021: CNH gratuita para todo o Brasil; conheça o projeto

 
Imagem: Google

O programa CNH social tem a finalidade de conceder acesso a carteira de motorista para pessoas de baixa renda e que não tem condições de pagar as despesas para a emissão do documento.

Para participar do programa é preciso se enquadrar em algumas regras, e residir em um estado que disponibiliza o programa.


Todo o processo da CNH Social é de responsabilidade do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de cada estado que oferece o programa.


Quem tem direito a CNH Social

Somente podem participar do programa os brasileiros que estiverem cobertos nos requisitos exigidos por Lei. O benefício será concedido mediante comprovação de renda.


Quem mais tem direito ao benefício?

  • Pessoas que comprovem receber até 2 salários mínimos;
  • Pessoas que estão desempregadas a mais de 12 meses;
  • Pessoas que são alunas da rede pública e possuem rendimento exemplar;
  • Pessoas com necessidades especiais;
  • Ex presidiários;
  • Pessoas que são agricultores;
  • Pessoas que não possuem registro algum em sua carteira de trabalho;
  • Pessoas que recebem o Bolsa Família;
  • Pessoas que não possuem nenhum registro de infração no trânsito;
  • Trabalhadores do setor de transporte que desejam fazer alguma regularização perante a justiça.

Estados que possuem o programa CNH Social

Atualmente, os estados que disponibilizam a CNH Social são:


  • Espírito Santo;
  • Paraíba;
  • Maranhão;
  • São Paulo;
  • Minas Gerais;
  • Pernambuco;
  • Rio Grande do Sul.

É importante dizer que as exigências podem variar de estado para estado. Sendo assim é importante que os interessados sigam as determinações de seu estado. O Detran informa as exigências de cada local.


Para se informar a respeito dos processos seletivos do programa CNH Social é preciso consultar o site do Detran de seu estado.



CNH Social

O programa foi concebido pelo Governo Federal no ano de 2011. Desde então, vários brasileiros emitiram a Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente


O objetivo é aumentar as oportunidades no mercado de trabalho para as pessoas de baixa renda que não possuem recursos para arcar com a CNH


Para ter direito, os candidatos passam por um processo seletivo de análise do perfil determinado pelo Governo.