FGTS emergencial: Ainda dá tempo de receber R$1.045? Veja TODAS as regras.

Imagem: Google

Os trabalhadores que ainda não sacaram o FGTS emergencial devem estar atentos aos novos prazos. Na última semana, a Caixa Econômica Federal encerrou o período de saque de R$ 1.045 pelo fundo de garantia.

Todos os inscritos no programa tiveram o valor depositado na poupança digital da Caixa Tem. No entanto, aqueles que não acessaram o recurso agora têm uma nova data. 


Após meses de pagamento, a Caixa encerrou os calendários de saques emergenciais do FGTS. Segundo o banco, cerca de R$ 7,9 bilhões depositados nas contas da Caixa Tem não foram utilizados pelo segurado. Assim, foi aprovado um novo período de solicitação.  


Regras para novo saque  

Para quem não movimentou o valor pela Caixa Tem ou não solicitou o saque, a Caixa abrirá a chance de saque entre os dias 7 e 31 de dezembro. Os interessados devem acessar o aplicativo do FGTS e informar que ainda têm interesse em utilizar o benefício.  


O valor máximo a ser concedido ainda será de R$ 1.045 e as regras permanecem as mesmas. Você pode participar desta nova chamada para todos aqueles que tiveram a alta de emergência encaminhada para a Caixa Tem e não utilizaram o valor.  


Nesse caso, o banco prevê que as transferências e transferências ocorrerão em dezembro, fechando todos os grupos até o próximo dia 31.


Vale ressaltar que o pagamento do benefício está sendo feito desde 29 de junho de acordo com o calendário abaixo:  


Calendário de pagamentos - Saque emergencial do FGTS 

Imagem: Fdr


Atenção ao Cadastro

No caso dos segurados que ainda não receberam os valores pela Caixa Tem, o banco solicita que seja realizada uma atualização nos dados cadastrais.


Os trabalhadores devem acessar o aplicativo do FGTS e verificar se todos os registros estão corretos. A seguir, confirme seu interesse em poder receber o benefício em suas economias digitais.  


Como consultar valores 

Se você está em dúvida se tem direito ao benefício ou se ele já foi enviado para uma Conta da Caixa, você pode consultar.
A primeira maneira de verificar os dados é através do fgts.caixa.gov.br. Neste caso, basta seguir os passos abaixo: 


  • Em "Pronto Socorro do FGTS", clique em "Acesse aqui" 
  • Na próxima página, digite CPF ou NIS/PIS/Pasep e clique em "Eu não sou um robô" e "Continuar" 
  • Digite sua senha de internet e vá para "Continuar"; se você não tem uma senha ou esqueceu, clique em "Registrar ou esqueci a senha?" 
  • Se quiser, digite seu número de telefone celular para receber alertas e informações sobre seu FGTS 
  • Em seguida, vá para "Continuar" 
  • Os valores a que você tem direito desde a empresa mais antiga até a mais recente aparecerão; clique em "Continuar" 
  • Você será informado de como a liberação do dinheiro ocorrerá 
  • Uma vez logado, responda a perguntas adicionais para garantir a segurança do seu cadastro e, em seguida, você terá acesso direto a todas as contas ativas e inativas e transições do seu FGTS.  


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem