Veja quem terá direito ao Salário do Bolsa Família, Saiba como receber o benefício.


Mesmo com risco de cancelamento, o programa Bolsa Família continua recebendo pedidos de acesso.
Se você está entre o grupo de brasileiros em situação de pobreza ou extrema pobreza, saiba que ainda é possível vincular ao programa para receber seus benefícios. A chamada leva em conta uma série de critérios de renda. 


Para poder se cadastrar no Bolsa Família, a primeira coisa que deve ser feita é definir e comprovar a faixa de renda que se encaixa.


Atualmente o programa conta com duas linhas de ação, sendo a primeira destinada a pessoas que têm renda mensal de R$ 89 e a segunda para famílias com salários de até R$ 178.  



Outro ponto importante é que, no caso do segundo grupo, a família ainda deve ter filhos ou adolescentes entre 0 e 17 anos. Os pequenos, se aceitos no projeto, devem estar matriculados em uma instituição pública de ensino e ter uma frequência escolar superior a 75%.  


Além disso, a BF também exige que as gestantes tenham acompanhamento completo do pré-natal pelo SUS. No caso das crianças, o cartão de vacina deve ser atualizado de acordo com as determinações do Ministério da Saúde.  


Como se cadastrar? 

Para concorrer a uma vaga no Bolsa Família, a primeira coisa a fazer é gerar um cadastro no Cadastro Único. O sistema funciona como base de dados do governo federal, onde todas as informações para a manutenção de projetos sociais são registradas.


A inscrição no CadÚnico acontece em um dos Centros de Referência de Assistência Social. Lá, o cidadão deve apresentar a documentação necessária e comprovar que está enquadrado nos critérios mencionados acima.  



Somente após a avaliação completa o cidadão deve saber se teve seu pedido aprovado ou não. Normalmente, o retorno deve ser feito dentro de 30 dias, mas após a situação do novo coronavírus pode ser adiado.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem