Programa Senac e Prefeitura de Salvador oferecerão cursos gratuitos para pessoas de baixa renda. Veja como se inscrever


Em parceria com o Senac, a cidade de Salvador, no estado da Bahia, oferecerá capacitação profissional para pessoas em situação de vulnerabilidade. Haverá cursos gratuitos voltados para a área de gastronomia.


O município de Salvado (BA) possui um programa intitulado "Sempre Currículo" que visa oferecer cursos gratuitos à população mais pobre do município. O projeto é em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).


As aulas terão início a partir do dia 9 de novembro no Restaurante Popular de Pau da Lima. De acordo com a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) as primeiras turmas serão formadas por um grupo já selecionado.


Segundo Sempre, o grupo é um público prioritário com idade entre 18 e 60 anos formado por:


  • Mulheres chefes de família;
  • Moradores de rua e famílias;
  • Beneficiários do auxílio-moradia;
  • Indivíduos e famílias que utilizam serviços de entrega de refeições (restaurantes populares);
  • Indivíduos e famílias atendidos pelos equipamentos socioeducativos (Cras, Creas, Centros POP, UAIs);
  • Desempregados.

Além dos cursos de capacitação, o programa "Restart Always" também fornecerá suprimentos e acompanhamento de assistência social para quem ainda não o recebe.
Além disso, ao final do curso, os participantes receberão a credencial dos ambulantes.


Dessa forma, poderão comprar produtos com condições especiais e poderão trabalhar no comércio de rua com a venda de alimentos. No treinamento você conhecerá as regras para venda de produtos, dicas de segurança e descarte de lixo.


É importante lembrar que os vendedores precisam usar a credencial em um local visível, bem como levar um documento com foto para que não seja impedido de funcionar.


Cursos gratuitos no Programa Sempre Comece

De acordo com a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, a ideia é que sejam oferecidas cinco turmas em diferentes cursos, cada um composto por 20 participantes.


Desta forma, serão 100 oportunidades, incluindo pessoas com deficiência. Segundo a prefeitura de Salvador, o investimento direcionado ao programa é de R$ 40 mil. Abaixo estão os cursos a serem oferecidos:


  • Bolos tradicionais;
  • bombons e trufas;
  • Cozinha básica;
  • Pizza;
  • Salgado comercial.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem