Candidato Biden mantém vantagem sobre o atual presidente Trump antes do primeiro debate nos EUA

 

imagem/uol

Numa ‘corrida’ definida por perspectivas económicas e pandémicas, e fornecidas por amplas lacunas de género e educação, Joe Biden mantém uma vantagem nacional de 10 pontos contra Donald Trump, de acordo com uma nova sondagem da ABC News / Washington Post.


A vantagem de 54% -44% de Biden, democrata, sobre Trump, republicano, correta precisamente à última sondagem nacional ABC / Post, em determinada de Agosto. O apoio de Biden desce para 49% quando estão incluídos os candidatos do Partido Libertariano e do Partido Verde, contra 43% para Trump.


Os resultados futebolm, assim, a posição “fraca” de Trump como o primeiro Presidente em 81 anos de sondagens modernas a nunca conseguir a aprovação maioritária para o seu trabalho no cargo. Apresenta uma taxa de 44% de aprovação entre todos os americanos, variando entre 52% para a gestão da economia e 40% para a pandemia de covid-19. Segundo a sondagem, 58% desaprovam o seu desempenho e a forma como tem lidado com o surto - um fator-chave de apoio para Biden.


Ao mesmo tempo, a presença do candidato libertariano Jo Jorgensen e do candidato do Partido Verde Howie Hawkins poderá constituir um desafio para Biden em estados futuros. O declínio de 5 pontos de Biden quando estes candidatos são incluídos é uma mudança significativa, embora ligeira, saliente a sondagem.


Outra conclusão indica uma “ampla antipatia em relação a Trump”: entre aqueles que não o apoiam, 59% dizem que a sua reeleição seria uma crise para o país. Entre os que não apoiam Biden, menos - mas ainda 50% - dizem que haveria uma crise se ele ganhasse.


É verdade, também, que como favorito nacional nem sempre reflete os resultados do Colégio Eleitoral, como foi o caso em 2016 e 2000.


Trump e Biden nomeados-se esta terça-feira para o seu primeiro debate de campanha presidencial. As atualizações estão marcadas para 3 de Novembro.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem