Veja como conseguir o desconto de 65% da conta de energia.

Imagem: Reprodução/Google


Atualmente, a conta de luz é a mais cara paga pelos brasileiros. Mas a criação de um novo projeto da Equatorial Energia está aberta e pode ajudar a população de baixa renda, que pode estar precisando de menores gastos.


Moradores de cinco municípios já podem se inscrever no programa Tarifa Social de Energia. A Comunidade E+, está atingindo vários municípios do Pará, o que está facilitando muito o registro de pessoas na TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica).

 

Este programa está concedendo até 65% de desconto na conta de luz, além disso o projeto ainda dá dicas para economia de energia, entre outros serviços, como:


  • Troca de lâmpadas;
  • Poda de árvores;
  • Negociação de dívidas
  • Entre outras coisas.

Saiba quem tem direito a se inscrever na Tarifa Social


A TSEE ajudará os moradores de reincidências que possuem energia elétrica, que atendem aos seguintes requisitos abaixo:


  • Pessoas com deficiência física que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Famílias cadastradas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), com renda familiar mensal por pessoa igual ou inferior a metade do salário mínimo (R$ 606);
  • Famílias cadastradas no CadÚnico, que têm renda mensal de até três salários mínimos (R$ 3.363), com familiar com doenças ou deficiências graves, que necessitam de uso permanente de aparelhos elétricos para tratamento.
  • As famílias podem receber descontos, que variam entre 10% e 65%, isso dependerá da quantidade de quilowatts/hora consumidos na casa. A estimativa é atender aproximadamente 88 mil consumidores do Pará, segundo a Equatorial Pará.


Segundo o gerente de relacionamento com clientes da empresa, ele disse que 58.177.000 clientes em Belém ainda não se cadastraram e estão aptos a receber o benefício. Veja abaixo os locais que ainda não se cadastraram, mas podem receber o benefício.


  • Marituba;
  • Santa Izabel;
  • Cametá;
  • Em Itaituba.

Como obter o desconto da Taxa Social?


Para que o cidadão obtenha o desconto é necessário ir até a distribuidora de energia elétrica de sua cidade, para fazer a prova de que você é capaz de ganhar o benefício. Em janeiro deste ano, a inclusão passou a ser automática, para os inscritos no CadÚnico e também para os beneficiários do BPC.


Como se cadastrar no CadÚnico?


O processo de registro é feito na cidade em que a pessoa mora. Basta procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), ou um posto de atendimento de cadastro único, com os documentos necessários.


  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade - RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) - somente se a pessoa for indígena.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem