17.7 C
São Paulo
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img

Trabalhadores que possuírem dívida no Serasa o beneficio do FGTS será bloqueado para saque?

Leia Mais

Pela primeira vez na história, 70 milhões de adultos brasileiros estão inadimplentes, segundo pesquisa recente da Serasa. Isso significa que cerca de um terço da população brasileira enfrenta atualmente sérias dificuldades para pagar contas atrasadas.

Ser negativado gera uma série de barreiras para os consumidores, que não possuem um bom cartão de crédito, nem empréstimos ou financiamentos. Em momentos como esses, é muito difícil ver uma saída para a sua vida financeira.

Em muitos casos, o trabalhador sabe que pode contar com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que consiste em depósitos mensais feitos pelo empregador. No entanto, esses recursos são liberados apenas em casos específicos, como a demissão sem justa razão ou a compra da casa própria.

O medo dos inadimplentes é reter o fundo para quitar suas dívidas. Afinal, o crédito do FGTS pode ser bloqueado para quem tem o nome sujo?

Proteção garantida
Por lei, o reembolso do fundo serve para proteger o trabalhador em momentos de necessidade. Portanto, isso acontece apenas em casos como os mencionados: demissão sem justa causa, compra da casa própria, aposentadoria, fechamento da empresa, desastres naturais e outros.

Uma possibilidade importante prevista na legislação é equilibrar doenças graves, como a cegueira, a paralisia irreversível, o cancro e a SIDA. Por outro lado, não há previsão legal para usar o FGTS para quitar dívidas.

Então fique tranquilo. Mesmo que você não consiga pagar suas contas em dia, nenhum banco, instituição financeira ou empresa tem o direito de retirar ou mesmo bloquear seu fundo de garantia. Portanto, o trabalhador deve relatar qualquer ameaça desse tipo às autoridades.

Últimas Notícias