21.6 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024
- Publicidade -spot_img

Insulfilm, Farol e Mais: 4 Novas Leis de Trânsito para Observar em 2023 de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro

Leia Mais

recorrer de infracoes de transito

Novas mudanças nas leis de trânsito já estão em vigor em todo o Brasil. No entanto, muitos motoristas continuam sem saber das mudanças e acabam levando muitas multas por não terem ideia do que ficou proibido.

Desta forma, para evitar novas infrações, e também para garantir que os motoristas não gastem mais dinheiro em multas, listamos quatro novas regras de trânsito que você ainda não conhece. Verificar!

Novas subcategorias da CNH
Com as mudanças na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em junho do ano passado, várias coisas no documento mudaram. Entre eles está a inclusão de uma nova tabela com categorias de pilotos. Assim, continuam a ser reconhecidos pelas letras A, B, C, D e E.

No entanto, a grande novidade é que eles agora têm subcategorias, como A1, B1, B1 e BE, para estarem em conformidade com o padrão internacional do documento./span>“As categorias de pilotos no Brasil não mudaram. Essa tabela contendo novos códigos na verdade segue um padrão internacional, que serve exclusivamente para facilitar a fiscalização da CNH por agentes de trânsito de outros países”, explica o membro do Conselho Nacional de Trânsito, Marco Fabrício Vieira.

Usando o farol nas estradas
Desde 2016, o uso do farol nas estradas durante o dia tornou-se obrigatório para todos os motoristas. No entanto, a Lei 14.071/2020, que atualizou a Lei de Trânsito (CTB), estabelece que o uso do farol é obrigatório durante o dia apenas em rodovias de pista única.

No caso de veículos equipados com DRL, luz de condução diurna, não é necessária a utilização de um farol nestas condições. No entanto, deve notar-se que a utilização do farol continua a ser obrigatória para todos os veículos durante a noite, independentemente do tipo de pista.

Transferência na bandeira vermelha
O desvio correto foi permitido no sinal vermelho para os brasileiros, desde que ele tivesse os sinais necessários no local. Assim, muitos municípios já começaram a indicar a permissão de manobra usando o sinal “Livre à direita”.

No entanto, segundo Vieira, a nova regra ainda não pode ser adotada por falta de regulamentação. “No momento, o desvio certo em frente ao sinal vermelho é ilegal porque Contran não tem a criação de sinais específicos para padronizar para todo o país”, disse ele.

Isolamento em veículos
Por fim, houve outra mudança recentemente introduzida na CTB em relação ao uso de película de isolamento nas janelas dos carros. Com isso, os motoristas estão proibidos de usar sulfilm opaco ou com bolhas, resultando em multa de R$ 195,23, cinco pontos na carteira e apreensão do veículo pelo órgão fiscalizador.

Além disso, houve outra mudança em relação à quantidade de luz que entra no filme, conhecida como transmitância mínima de luz. Assim, o mínimo é de 70%, independentemente da cor do insulfilm. Para vidros que não interferem no manuseio do carro, como as laterais traseiras, o mínimo permitido é reduzido para 28%.

Últimas Notícias