21.7 C
São Paulo
sábado, março 2, 2024
- Publicidade -spot_img

Nova regra do RG: documento só será emitido para quem fizer isso; Veja

Leia Mais

Brasileiros em alguns estados já possuem a nova Carteira Nacional de Identidade (CNI). O governo federal prorrogou o prazo para que todas as unidades da Federação concluam o processo de implementação do novo modelo. Mas, atenção: a nova identidade só pode ser emitida se o cidadão estiver organizado na Receita Federal.

Isto significa que a Parceria de Colaboração sobre as Florestas deve estar numa situação regular. Aqueles que têm questões pendentes não podem obter o documento até que possam resolver a situação. Antes de solicitar um novo documento, o primeiro ponto é verificar o status do cadastro no site da Receita Federal.

Reconciliação na Receita Federal

Ao chegar no site da receita, o cidadão tem que verificar se ele está organizado clicando em “Meu CPF” e depois em “Consultar CPF”. Se a situação estiver “aguardando regulamentação”, o cidadão precisa apresentar todas as declarações de imposto de renda pendentes.

Esses são pontos-chave para organizar o CPF e, assim, acessar a nova CNI. Quando um cidadão é organizado em receita, ele pode procurar institutos de identificação nos estados e no Distrito Federal.Com base nos dados atualizados até o momento, 11 estados brasileiros estão aptos a emitir o novo documento. O outro ainda está em fase de implementação.

A carteira quer consolidar os dados dos brasileiros. O documento agora contém novos elementos de segurança, como um código QR e uma área de leitura automatizada.

Versão digital

O documento pode ser acessado pelo celular, como já é o caso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), para obter a versão digital. A ideia é permitir mais praticidade e segurança, com o objetivo de reduzir as fraudes de identificação em todo o Brasil.

Do jeito que está, a mesma pessoa pode ter mais de um número de identificação. Com a nova carteira, cada pessoa terá apenas um número de identificação.

Últimas Notícias