24.7 C
São Paulo
domingo, abril 21, 2024
- Publicidade -spot_img

Pé-de-Meia: Governo federal divulga o cronograma do primeiro pagamento para os estudantes; Confira!

Leia Mais

Na manhã desta quarta-feira (6) o governo federal divulgou o cronograma oficial de pagamento do programa Pé-de-Meia. Trata-se de um benefício social que se destina a pagar o auxílio emergencial e uma bolsa de estudos para estudantes que fazem parte do ensino médio, que estão em estado de vulnerabilidade social.

De acordo com o Ministério da Educação, os pagamentos de março serão feitos a partir de 26 de abril e devem durar até 3 de abril. Para saber o dia exato de sua liberação, o estudante deve se basear no mês de seu nascimento.

Calendário de pagamento

Abaixo, você pode conferir o cronograma detalhado de pagamento do pé de meia neste mês de março.

Captura de tela 2024 03 07 123750

Como movimento o saldo?

Também nesta quarta-feira (6), o governo federal anunciou que não precisa se preocupar com nenhum tipo de cadastro. Todos os alunos elegíveis receberão um crédito equivalente a R$ 200 neste primeiro lote automaticamente. Será criada automaticamente uma conta para o estudante na Caixa Econômica Federal.


A transação pode ser feita por meio do sistema Caixa Tem, como acontece atualmente com os usuários do Bolsa Família. Por meio desse aplicativo, é possível pagar contas, transferir saldos para outros bancos, fazer pix e até gerar um código para saques em caixas eletrônicos, casas lotéricas e correspondentes da Caixa Aqui.

Caso o aluno seja menor de idade, ele precisará de autorização legal de seu responsável para sacar o valor ou transferir o saldo na Caixa Tem. Caso ele já seja maior de 18 anos, já desbloqueie a conta na Caixa Econômica Federal automaticamente.

Detalhes anunciados

Entre outros pontos, o Ministério da Educação garantiu que o programa atenderá cerca de 31 mil alunos somente no estado do Espírito Santo. Para arcar com esse valor, o governo federal precisa liberar pelo menos R$ 90 milhões.

O ministério confirmou que o PÉ DE MEA  prevê o pagamento de:

  • Uma ajuda de custo mensal de R$ 200 por aluno, que pode ser retirada a qualquer momento;
  • Depósitos de R$ 1.000 ao final de cada ano letivo, que podem ser sacados ao final do ensino médio.

Olhando para todos os depósitos, é possível dizer que cada aluno receberá R$ 9,2 mil ao final de todo o processo. No caso dos estudantes do ensino médio capixaba, já se sabe que a primeira versão deve ocorrer no dia 26 de março.

“O MEC recebe, até o dia 8 de março, as informações de todos os alunos do ensino médio matriculados nas redes que oferecem essa etapa de ensino que aderiram ao Pé-de-Meia. Até o dia 14 de junho, poderão ocorrer correções e atualizações definitivas de informações por parte das redes de ensino e das instituições federais que oferecem o ensino médio”, informou a Secretaria de Educação.

Quem pode participar do Pé-de-Meia

Pé-de-Meia

Para participar do Pé-de-meia, é necessário que o estudante faça parte do Cadúnico, o cadastro do governo federal que coleta os nomes de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Além disso, nessa primeira etapa também é necessário que sua família faça parte do Bolsa Família.

De acordo com o Ministério da Educação, apenas os alunos matriculados na rede pública de ensino terão acesso ao novo sistema do programa Pé-de-meia.

Os alunos que estão no 1º e 2º ano do ensino médio não são obrigados a fazer o Enem para fazer parte do Pé-de-Meia, embora seja recomendado que trabalhem como aprendizes para sentir o clima da prova. Os alunos do 3º ano são obrigados a fazer o exame se quiserem receber R$ 200, que serão pagos como incentivo adicional.

Bruno Ferreira
Bruno Ferreirahttp://redebrasilnews.com.br/
Além de sua atuação nas redações, Bruno Ferreira também explorou a era digital, envolvendo-se em projetos de mídia online, podcasts e outras formas inovadoras de contar histórias. Sempre em busca de novas formas de se conectar com o público, um defensor incansável da liberdade de imprensa e da importância do jornalismo independente na sociedade contemporânea.

Últimas Notícias