17.1 C
São Paulo
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -spot_img

Liberado para os brasileiros o novo modelo atualizado do RG; Veja como ficou e como solicitar

Leia Mais

Modelos atualizados de RG já foram liberados para os brasileiros. Segundo fontes federais, novos documentos já foram emitidos para mais de um milhão de pessoas. Vale ressaltar que essa mudança visa dar mais segurança para a população, já que o RG é impresso com a mesma tecnologia do passaporte. Além disso, trará mais praticidade.

Não é novidade para ninguém que o registro público é usado para identificar brasileiros. Portanto, cada carteira de identidade tem seu próprio número. Além disso, os brasileiros também precisam memorizar outros números, como CPF, por exemplo. Para evitar grandes confusões, o governo federal optou por alterar os documentos brasileiros. Continue lendo este artigo para saber mais sobre os modelos RG atualizados.

Afinal, todos precisam liberar um formulário de identificação atualizado?

Antes de mais nada, é importante esclarecer por que o governo federal está disponibilizando uma forma atualizada de RG. Como mencionado anteriormente, cada carteira de identidade tem seu próprio número. Também é preciso lembrar de números como CPF. No caso da identidade, o objetivo do cadastro é identificar a população. O CPF era usado originalmente para tratar da vida econômica dos cidadãos.

Ou seja, tudo relacionado a impostos, dívidas bancárias, renda, etc. Com o tempo, ambos os documentos se tornaram importantes. O registro público continha informações como impressões digitais, nomes dos pais e status de nascimento. No entanto, o governo começou a colocar CPF nas carteiras de identidade.

Isto significa que os valores da Caixa Central de Previdência deixaram de ser utilizados apenas para fins financeiros. Afinal, passou a ser usado para identificar brasileiros – além de números no cadastro público. Para facilitar a vida dos cidadãos, em 2022, o governo federal aprovou uma lei para criar um novo modelo de RG, a CIN (Carteira Nacional de Identidade).

A GNR deixará de ser utilizada. Em um CIN, apenas o número do CPF é válido. Ou seja, torna-se oficialmente uma forma de identificação dos brasileiros. O pedido de emissão de documento pode ser feito online, mas o cidadão deve aderir ao módulo Poupa Tempo para concluir o processo de emissão.

Aliás, a liberação de um novo RG é obrigatória, e todos os brasileiros devem levar documentos consigo. No entanto, há um prazo para isso.

Afinal, quando uma CIN é lançada?

Ao aprovar a lei sobre o novo modelo de RG, o governo federal disse que os brasileiros devem emitir a versão até 2032. Ou seja, a cópia original do registro público é válida todo esse tempo. Só então o documento de identidade antigo se torna inválido. Vale ressaltar que essa regra não se aplica a brasileiros com mais de 60 anos.

Últimas Notícias