26.3 C
São Paulo
domingo, março 3, 2024
- Publicidade -spot_img

Brasileiros podem resgatar o novo PIX pelo banco central; veja quem pode obter

Leia Mais

O Sistema de Valores a Receber (SVR) do Banco Central foi lançado mais uma vez. A segunda versão conta com uma novidade

O Sistema de Títulos Inbound (SVR) reabre às 10h desta terça-feira (7) e com ele vêm muitas novidades. Agora é possível solicitar o reembolso de valores via Pix.

Na nova versão do sistema, o usuário deve especificar uma de suas chaves Pix se quiser solicitar a recuperação de valores diretamente via SVR. Na versão anterior, era possível que o usuário inserisse detalhes de contato sem indicar a tecla Pix. No entanto, muitos usuários não atenderam telefonemas ou responderam a mensagens de instituições por medo de fraudes, segundo o Banco Central (BC).

O que há de novo para a recuperação PIX
Outra novidade introduzida pelo BC é a consulta dos valores das pessoas falecidas e uma sala de espera virtual, em caso de várias consultas simultâneas que possam bloquear o acesso ao sistema.

O novo SVR traz muitas outras mudanças, incluindo a disponibilidade de todos os tipos de valores disponíveis no padrão SVR e um botão para salvar e compartilhar, inclusive pelo WhatsApp, e imprimir protocolos de pedidos SVR.
Além disso, há informações sobre contas conjuntas e múltiplas que permitem que os titulares de contas visualizem as informações de aplicação do outro registra-te no sistema. Segundo o BC, são 38 milhões de CPFs e 2 milhões de empresas com algum valor esquecido em contas aguardando resgate.

A sala de espera virtual para o novo SVR funcionará de forma semelhante à compra de ingressos. Uma fila virtual será criada quando o acesso ao sistema for muito alto. Você será informado sobre o número de pessoas na frente do usuário e o tempo de espera estimado para o serviço. O sistema não fechará a página da fila padrão e será notificado quando for a vez do cidadão.

O usuário terá até 5 minutos para fazer login na gov.br conta e fazer login. Para descobrir se uma pessoa esqueceu o dinheiro, basta ir a valoresareceber.bcb.gov.br. Para consultar os valores de pessoas vivas ou falecidas, é preciso informar o CPF e a data de nascimento.No caso de pessoas falecidas, os dados são os mesmos, apenas para recuperar os valores, deve ser herdeiro, inventário, representante legal ou testamento. Para empresas, basta inserir seu número de CNPJ e data de abertura.

Para realizar um reembolso, basta acessar o SVR a partir das 10h desta terça-feira (7) fazendo login com gov.br. Para recuperar valores individuais, o cálculo gov.br ser do nível de prata ou ouro. A conta gov.br deve estar relacionada ao CNPJ, se for pelos valores da pessoa jurídica.

Principais mudanças no sistema
Estas são as principais mudanças no sistema:

  • Novo módulo de consulta de pessoa falecida com valores a receber;
  • Caso o número de pessoas seja maior do que a capacidade do sistema, haverá uma sala virtual de espera. Esse possibilitará manterá o SVR aberto por prazo indeterminado, sem perder o acesso e sem a necessidade de fazer novos agendamentos;
  • Será disponibilizado qualquer tipo de valor a receber na norma do SVR;
  • Foi criado um botão para imprimir, salvar e compartilhar, inclusive por WhatsApp, as telas e os protocolos de solicitação do SVR. Dessa forma, o acesso é facilitado e as informações são guardadas pelo sistema;
  • No caso de contas conjuntas solidárias, se um dos titulares solicitar o valor via SVR, então, o outro, ao entrar no sistema, também conseguirá ver as informações da solicitação.

Últimas Notícias