21.2 C
São Paulo
terça-feira, junho 18, 2024
- Publicidade -spot_img

Bolsa Família com novo reajuste? Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) anunciou um novo cálculo para o programa

Leia Mais

O Bolsa Família deste ano passou por uma série de ajustes, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Na prática, o valor ficou maior, já que houve mudança no cálculo da transferência de renda. Além disso, o programa agora abrange mais pessoas. O MDS aumentou a renda que pode se inscrever no programa.

Em geral, não houve mudança nas regras de cadastro do Bolsa Família. No entanto, o presidente Lula anunciou o retorno das condições. Ou seja, as famílias detentoras do programa devem se comprometer nas áreas de educação e saúde para receber o benefício. Caso contrário, a MDS pode desconectar o titular do software de transferência de renda. Continue lendo este artigo para descobrir o novo valor dos juros.

Novo calculo do Bolsa Família aumenta valor que seus titulares recebem

Antes de mais nada, é importante esclarecer que a nova conta do Bolsa Família foi aprovada durante a MP (medida provisória) de juros. Como já foi dito, o Governo aprovou três grandes alterações. O primeiro diz respeito a quem pode receber, enquanto o segundo, ao valor. Por fim, o terceiro foi sobre o retorno dos aparelhos de ar-condicionado. Para obter o benefício, é necessário ter uma renda familiar mensal de R$ 218 por pessoa (por pessoa).

Saiba como fica a sua nova conta de transferência de renda

Em relação ao valor do direito, o governo pagará pelo menos R$ 600 por família. No entanto, a taxa média de juros foi de R$ 700 em junho deste ano – a maior desde a implementação da transferência de renda no país. O fato é que o MDS e o Congresso aprovaram uma série de aditivos.

BPI

O Benefício Primeira Infância foi anunciado em 2022, quando Lula estava em campanha para a Presidência. Ele está sendo pago desde março de 2023. O BPI dá um adicional de R$ 150 por criança até os seis anos de idade.

BVF

O benefício familiar variável se desdobra em três benefícios adicionais – todos no valor de R$ 50.

  • Crianças entre 7 e 18 anos podem receber;
  • Mulheres grávidas também podem contrair Febre do Vale Inocente;
  • Por fim, as lactantes também recebem extra.

Vale lembrar que as duas primeiras variantes do adicional foram criadas pelo governo federal e anunciadas em março. No entanto, o Congresso Nacional também criou uma BVF para lactantes. O pagamento dos salários dos três começou em junho.

Afinal, quais são as restrições?

Os portadores do Bolsa Família precisam vacinar seus filhos de até sete anos com todas as vacinas disponíveis no SUS (Sistema Único de Saúde). Gestantes e lactantes também devem passar pelo SUS para acompanhamento médico, alerta Lola. Finalmente, é essencial que as crianças em idade escolar tenham um mínimo de presença. O não cumprimento dessas obrigações acarreta a perda de juros.

Últimas Notícias