27 C
São Paulo
sábado, março 2, 2024
- Publicidade -spot_img

Beneficiários do Bolsa Família receberão medicamentos gratuitos; Veja como

Leia Mais

Ao todo, quem está cadastrado no programa terá acesso a 40 remédios de graça
Ao todo, quem está cadastrado no programa terá acesso a 40 remédios de graça

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou nesta quarta-feira (7) que os beneficiários do programa Bolsa Família receberão uma recompensa em 40 medicamentos da lista da farmácia popular.

Atualmente, os medicamentos do programa são divididos, parte da lista é gratuita e outra parte tem desconto de 90% em relação ao preço comercial.

 Entre os tratamentos que têm apenas um desconto, e agora, serão gratuitos para quem recebe o Bolsa Família, estão:

  • Quatro contraceptivos.
  • Dois tipos de tratamento para a doença de Parkinson;
  • Três apresentações de sinvastatina, utilizada no controle do colesterol;
  • Três alternativas para o controle da rinite.
  • Fraldas para Idosos.

Veja a lista completa no final da matéria.

A farmácia popular também fornece dicas em 22 medicamentos para controlar armas, diabetes e pressão alta. As pontas desses medicamentos permanecem inalteradas.

O anúncio oficial acontecerá em cerimônia com a presença de Lola em Recife, Pernambuco.

O governo afirma ainda que o registro não será necessário para a retirada de medicamentos. A identificação será feita através do próprio sistema da farmácia popular.

Para obter o medicamento, o paciente precisa ir a uma instituição autorizada com o selo “Aqui tem Farmácia Popular” e apresentar os seguintes documentos:

  • Documento com foto e CPF;
  • Uma prescrição durante o prazo de validade, seja emitida pelo SUS ou por um médico particular.

Para retirar a fralda envelhecida, é necessário que o paciente tenha mais de 60 anos ou seja uma pessoa com deficiência. Apresentar receita, laudo ou atestado comprovando a necessidade do uso de fraldas.

Declaração

Na quarta-feira, o governo também deve anunciar a introdução da farmácia popular nas comunidades indígenas, que terão acesso a medicamentos por meio de um representante, sem precisar informar o CPF.

Quais são os tratamentos do programa?

Confira a lista de medicamentos disponíveis na Farmácia Popular:
Gratuito para todos os residentes

  • Asma: brometo de ipratrópio (0,02 mg e 0,25 mg), dipropionato de beclometasona (50 μg, 200 μg e 250 μg), sulfato de salbutamol (100 μg e 5 mg).
  • Diabetes: cloridrato de metformina (500 mg, com e sem ação prolongada, 850 mg), glibenclamida (5 mg), insulina humana comum (100 UI / ml), insulina humana (100 UI / ml).
  • Hipertensão: atenolol (25 mg), amlodipina peaslate (5 mg), captopril (25 mg), cloridrato de propranolol (40 mg), hidroclorotiazida (25 mg), losartana potássica (50 mg), enalapril malato (10 mg), espironolactona (25 mg), furosemida (40 mg), succinato de metoprolol (25 ml).

Com participação compartilhada (e agora também gratuita para quem recebe o Bolsa Família)

  • Anticoncepcionais: acetato de medroxiprogesterona (150 mg), etinilestradiol (0,03 mg) + levonorgestrel (0,15 mg), noretisterona (0,35 mg), valerato de estradiol (5 mg) + enantato de noretisterona (50 mg)
  • Dislipidemia (colesterol alto): sinvastatina (10 mg, 20 mg, 40 mg)
  • Doença de Parkinson: carbidopa (25 mg) + levodopa (250 mg); cloridrato de benserazida (25 mg) + levodopa (100 mg)
  • Glaucoma: Timollol Maliate (2,5 mg e 5 mg)
  • Incontinência urinária: fraldas envelhecidas
  • Osteoporose: alendronato de sódio (70 mg)
  • Renite: budesonida (32 mg e 50 mg); dipropionato de beclometasona (50 μg / dose)
  • Diabetes mellitus tipo 2 + doença cardiovascular (> 65 anos): dapagliflozina (10 mg)

Últimas Notícias