23.2 C
São Paulo
domingo, abril 14, 2024
- Publicidade -spot_img

Moro sozinho posso receber os R$ 142,00 do Governo Federal? Entenda esse novo benefício!

Leia Mais

Os valores liberados pelo Bolsa Família, após a devolução do programa social, podem gerar confusão na medida em que não acompanham a atualização desses valores. Com os novos modelos de direito, os valores liberados foram recebidos de acordo com a integração familiar, incluindo as famílias dos que moram sozinhos.

Assim, isso não significa a redução mínima da peça. A seguir, veremos todos os detalhes do programa social do governo federal e como ocorre o cálculo.

Valor Mínimo

O valor mínimo do direito, então, é garantido para que nenhuma família receba menos de 600 reais, mesmo para quem mora sozinho. Além disso, é preciso ressaltar que em casos de domicílios com outros moradores, principalmente com gestantes, crianças e adolescentes, o valor é superior à cota, devido a outros acréscimos de valor.

Em uma nova conta do Bolsa Família, o governo comprova que cada membro da família, independentemente da idade, recebe 142 reais. Portanto, se a família tiver quatro cidadãos, o benefício começa em 568 reais.

Assim, tomando o exemplo dessas famílias com 4 integrantes na mesma moradia, o governo federal complementa 32 reais para chegar à regra dos 600 reais.

Excessivo

Além do valor básico, ainda há a aplicação de valores adicionais de acordo com a composição da família. Assim, toda criança entre 0 e 6 anos tem direito a um adicional de 150 reais desde março, chamado de benefício primeira infância, que eleva a parte para o valor de 750 reais.

Além disso, os complementos são cumulativos. Portanto, uma mesma família pode receber mais de um valor adicional do programa Bolsa Família, com a mesma regra e com outra regra. Caso a família tenha dois filhos nessa faixa etária, o valor será de 900 reais. Além disso, a partir do atual mês de junho, são acrecionados mais 50 riais para gestantes, crianças e adolescentes, com idade entre 7 e 18 anos incompletos.

Portanto, com um valor adicional, nos casos de uma família com uma criança de até 6 anos, uma gestante e um adolescente, o valor da parcela agora, em junho, será de 850 reais.

Resumo

Por fim, vale resumir todos os benefícios adicionais disponíveis por meio do programa social do governo federal.

Assim, os complementos pagos aos cidadãos beneficiários são:

  • Familiares de qualquer idade recebem um pagamento garantido de 142 riais. Além disso, caso o valor não chegue a 600 reais, que é o valor mínimo da parte do programa, o governo complementa o valor;
  • Benefício Primeira Infância, que, desde março, paga mais 150 reais por criança de zero a seis anos;
  • Nas parcelas de junho, 50 reais para famílias com lactantes, gestantes, crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos estão incompletos na integração familiar.

Últimas Notícias