21.6 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024
- Publicidade -spot_img

Volkswagen anunciou o lançamento da nova Kombi elétrica no Brasil e valor é surpreendente!

Leia Mais

Foi-se a época que ter uma Kombi era sinônimo de simplicidade. A ID.Buzz entra no mercado 100% elétrica, com modernidade e alto custo.
Imagem: Reprodução/Google

Em seu aniversário de 70 anos, a Volkswagen anunciou o lançamento do novo carro elétrico Combi no Brasil, ID.Buzz. A comercialização começa ainda este ano, estimada para o segundo semestre, mas em quantidades muito limitadas. Além disso, nem todas as unidades destinadas ao Brasil serão vendidas.

De acordo com o comunicado da empresa, o Brasil receberá um pagamento único de 70 unidades de ID.Buzz, referente ao aniversário da montadora. No entanto, esses modelos serão comercializados na forma de carros por assinatura. A Volkswagen também diz que garantiu mais de 3.000 contratos de carros por assinatura em 2022 e que pretende aumentar esse número em 150% até 2023.

Assim, oferecer ID.Buzz apenas por assinatura ajuda a proteger o mercado do seu alto preço e do risco de escassez de veículos para entrega. Na Europa, a nova Kombi elétrica tem uma fila de espera, onde pode ser adquirida a partir de 65 euros com impostos. Em transferência direta, a minivan sai por R$ 340 mil, sendo a Volkswagen mais cara do Brasil.

Venda ID.Buzz por assinatura

Os carros por assinatura podem ser adquiridos após o vencimento do contrato ou negociados conforme usados, mesmo em leilões. Portanto, o que se sabe é que pelo menos 70 unidades de ID.Buzz permanecerão no Brasil.

Assim, o maior cartão de visitas do novo modelo elétrico da Volkswagen é a sua aparência. Inspirada na antiga Kombi, sua fachada remete ao modelo T1, conhecido como “Kombi Corujinha”, que foi vendido entre 1950 e 1975. A paleta, conhecida como “saia e blusa”, é opcional. No entanto, lanternas traseiras horizontais e para-choques modernos trazem a novidade que falta ao modelo original.

Além disso, as janelas do novo modelo são maiores e há portas de correr em ambos os lados. No entanto, são as cornijas de plástico na última coluna, que sugerem as entradas de ar do antigo motor a ar, que trazem o sinal para a Kombi original.

No interior, a minivan leva apenas cinco pessoas, e não outras nove. Uma versão para oito pessoas será lançada em breve nos Estados Unidos, mas ainda não foi anunciada no Brasil. Além disso, seu motor elétrico com 204 cv e 31,6 kg por minuto é entregue de forma imediata e silenciosa, sem precisar forçar a embreagem a dar partida. Por fim, sua autonomia é excelente para o modelo elétrico: 483 km, segundo o percurso europeu WLTP.

Últimas Notícias