27 C
São Paulo
sábado, março 2, 2024
- Publicidade -spot_img

Saco de Douglas: O que é e como essa área pode causar uma ruptura no ato sexual?

Leia Mais

Na última terça-feira, 30, uma jovem de 19 anos morreu após manter relações sexuais com o jogador da equipe sub-20 do Corinthians, Dimas Candido de Oliveira Filho, de 19 anos, conforme noticiou o Estadão. O atestado de óbito da jovem lista a causa da morte “Douglas fundo rompido do cisto com sua extensão para a parede vaginal esquerda”.

O que é uma bolsa Douglas?

Esta é a parte mais alta da parede vaginal, que fica ao redor do colo do útero. Também chamada de chão de Douglas ou fiação vaginal, a área tende a acumular pressão de ar entrando na vagina – e se essa pressão for muito alta, pode rasgar.

Segundo o ginecologista-obstetra Eduardo de Souza, coordenador da maternidade do Hospital São Luís Anália Franco, em São Paulo, a ruptura dessa área geralmente se deve não à violência ou ao tamanho dos genitais, mas à entrada de ar e ao aumento da pressão.

“Um aumento da pressão na área pode levar ao estiramento da mucosa vaginal em alguns centímetros. Isso pode atingir os vasos sanguíneos e levar a sangramentos intensos.”

Como evitar a quebra do cisto de Douglas?

A especialista explica que algumas posições sexuais, como aquelas em que a mulher fica de quatro, têm maior risco de o ar entrar pela vagina, rasgando a área. Assim, Sousa aconselha monitorar os ruídos durante a relação sexual que podem indicar a entrada de ar na vagina e, se for o caso, mudar de posição.


A ginecologista observa ainda que o uso de brinquedos sexuais inadequados (muito grandes, pontiagudos ou feitos de materiais sólidos) ou usados indevidamente também pode levar ao rompimento do cisto de Douglas.

O que fazer se o cisto de Douglas se romper?

Se ocorrer sangramento intenso durante a relação sexual, o que pode indicar uma ruptura do cisto de Douglas, é importante procurar atendimento médico o mais rápido possível. Segundo Souza, o tratamento geralmente é feito com anestesia e sutura da região para estancar o sangramento.

No entanto, o ideal é que, antes mesmo de chegar ao hospital, o sangramento pare. “Recomenda-se cobrir a região vaginal com uma toalha ou lençol. Esses acessórios devem ser inseridos suavemente na vagina para que a mulher perca menos sangue.”

Quais são os fatores de risco para a desintegração?

De acordo com a especialista, mulheres com mucosa vaginal mais fraca, como as que são amamentadas, estão na menopausa e as que acabaram de dar à luz correm maior risco de desenvolver uma ruptura do cisto de Douglas. Mas isso não impede que mulheres que não atendem a esses critérios passem por essa situação.”

Bruno Ferreira
Bruno Ferreirahttp://redebrasilnews.com.br/
Além de sua atuação nas redações, Bruno Ferreira também explorou a era digital, envolvendo-se em projetos de mídia online, podcasts e outras formas inovadoras de contar histórias. Sempre em busca de novas formas de se conectar com o público, um defensor incansável da liberdade de imprensa e da importância do jornalismo independente na sociedade contemporânea.

Últimas Notícias