31.2 C
São Paulo
domingo, março 3, 2024
- Publicidade -spot_img

WhatsApp lança novo recurso que permite recuperar mensagens apagadas por engano

Leia Mais

O WhatsApp lançou repetidamente novos recursos na plataforma. Assim, na última segunda-feira (19), a plataforma lançou uma atualização para que as pessoas possam recuperar mensagens apagadas no app.

Essa novidade tem o intuito de ajudar quem quer apagar uma mensagem para todos, mas sem querer acabou clicando em “Excluir-me”.

O que há de novo no WhatsApp

Primeiro, como foi dito, a ideia da nova ferramenta é recuperar uma mensagem que foi excluída através da função “Excluir-me”.

O administrador do WhatsApp, Will Cathcart, disse: “Adicionamos ‘exclua-me’ para aqueles momentos em que você quer excluir para todos, mas acidentalmente excluímos apenas para você”. Essa opção já pode ser usada por todos os usuários da plataforma, tanto para dispositivos Android quanto iOS.

Como usar a nova ferramenta?

Veja um passo a passo para usar a nova ferramenta do WhatsApp:

Depois de enviar uma mensagem, pressione o dedo sobre ela e clique em “Excluir-me”;
Feito isso, clique em “Desfazer” em até 5 segundos;
Depois disso, a mensagem retornará ao chat;
Quando a mensagem retornar, clique na opção “Excluir para todos” se quiser excluí-la para todos.

Outros recursos lançados recentemente

Recentemente, o WhatsApp lançou o bloqueio de impressão. No entanto, vale ressaltar que os usuários da plataforma já possuem uma função de mensagens que só pode ser vista uma vez pelo destinatário. Para utilizar o recurso, basta participar da conversa e seguir o passo a passo:

  • Clique no ícone de clipes;
  • Escolha a foto ou vídeo que deseja;
  • Marque 1 ao lado da área da legenda.

Assim, pensando em resolver o problema dos usuários que se sentiam incomodados com a possibilidade de aparecer, o WhatsApp lançou uma ferramenta para bloqueá-los.

Deixe sua resposta

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias