18.6 C
São Paulo
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img

INSS Antecipa 13º Salário para Aposentados com 60 Anos ou Mais: Confira as Datas

Leia Mais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou um decreto prevendo o pagamento do 13º salário aos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Esta decisão visa proporcionar um alívio financeiro adicional aos beneficiários.

A projeção anual do 13º salário do INSS representa um esforço do governo para garantir o bem-estar financeiro desses grupos ao longo do ano, possibilitando o planejamento e a utilização mais eficazes dos recursos disponíveis.

A primeira parcela foi paga antecipadamente do salário 13 entre os últimos cinco dias úteis de abril e os cinco primeiros dias úteis de maio de 2024, segundo o decreto. A segunda parcela está prevista para ser paga nos últimos cinco dias úteis de maio e nos cinco primeiros dias úteis de junho do mesmo ano. 

O decreto estabelece esses prazos para o pagamento do abono, permitindo que os beneficiários sejam previsíveis. Os beneficiários receberão um valor proporcional ao período em que tiverem direito ao benefício, de acordo com o decreto. Este procedimento assegura uma distribuição equitativa do subsídio anual entre todos os beneficiários.


O decreto estabelece essa regra para os casos em que o direito é encerrado antes de 31 de dezembro de 2024. O décimo terceiro salário do INSS é tradicionalmente pago no segundo semestre, mas nos últimos anos o governo federal tem esperado prêmios para impulsionar a economia, prática que começou durante a pandemia de Covid-19. 

Essa antecipação busca injetar mais recursos na economia e dar suporte financeiro aos beneficiários. O governo estima que 33,7 milhões de aposentados receberão o décimo terceiro salário em duas parcelas, com repasse total de R$ 67 bilhões. Cada pagamento equivalerá a cerca de R$ 33,8 bilhões, injetando um grande volume de recursos no mercado.

Esse adiantamento não só ajuda a cobrir as despesas diárias, mas também permite que os beneficiários realizem pequenos projetos ou lidem com despesas inesperadas com mais tranquilidade. Para muitos, esta é uma medida crucial para equilibrar o orçamento e garantir uma maior estabilidade financeira.

Os beneficiários do INSS aguardam ansiosamente o pagamento do salário 13 em agosto de 2024, embora devam ficar atentos a possíveis mudanças de datas. O processo de pagamento é organizado estrategicamente pelo INSS, começando por quem recebe até um salário mínimo e depois quem recebe acima desse valor, garantindo a eficiência do processo. 

INSS

Abaixo você tem a oportunidade de conhecer detalhes sobre a expectativa de um abono de aniversário para segurados da previdência social, além de entender o formato de pagamento desse bônus. Neste link eu te dou o calendário completo do salário do INSS 13. Continue acompanhando para descobrir!

Quem tem direito ao salário INSS 13?

O salário INSS 13 é direcionado a aposentados, pensionistas e demais segurados que receberam algum tipo de benefício da Previdência Social. A exceção é para cidadãos contemplados pelo Pagamento Contínuo (BPC) e Renda Mensal Vitalícia (RMV).

Em 2023, os segurados e dependentes previdenciários que receberam:

  • Benefício por incapacidade temporária;
  • Assistência a acidentes;
  • Aposentar;
  • Pensão por morte;
  • Assistência na prisão.

Qual o valor salarial do INSS 13?

A lista de segurados do INSS que não recebem salário inclui 13 beneficiários do benefício de pagamento contínuo, conforme informado ao município. Embora o BPC seja administrado pelo Instituto, ele está vinculado à assistência social, e não à previdência social, e possui regras distintas sobre benefícios previdenciários.

Diferentemente dos benefícios previdenciários, o BPC não exige a concessão de contribuições ao INSS, justificando a exclusão do recebimento do salário 13 para os beneficiários.

A mesma hipótese é válida para uma renda mensal vitalícia (RMV). No entanto, há projetos de lei em discussão que buscam viabilizar o pagamento dos 13 salários do INSS aos beneficiários do BPC.

Forma de pagamento do salário de 13 salários do INSS

  • O salário 13 será sempre pago em duas parcelas;
  • O primeiro lote será em agosto e o segundo em novembro.
  • Na primeira parcela, será pago 50% do valor do acréscimo e na segunda parcela o restante.
  • Datas de pagamento Com base nas informações contidas no Decreto 10.410, bem como no calendário de pagamento do direito mensal de 2023 já emitido, já é possível determinar as datas de pagamento do décimo terceiro salário em 2023.

Cálculo do salário INSS 13 

Para calcular o décimo terceiro salário do INSS para quem trabalhou nove meses com salário de R$ 3 mil, é necessário determinar o salário mensal dividindo o salário anual por 12 meses. Dê uma olhada na conta:

  • Salário mensal = salário anual / 12 = $3.000 / 12 = $250;
  • Assim, o salário mensal é de R$ 250;
  • Então esse valor é multiplicado pelo número de meses trabalhados, que é 9:
  • Salário 13 = salário mensal × meses trabalhados = R$ 250 * r = R$ 2.250;

Assim, corrigindo o cálculo, podemos dizer que uma pessoa receberá R$ 2.250,00 do décimo terceiro salário por trabalho durante 9 meses por ano.

Consulta de Pagamento de Salário INSS nº 13

Para acompanhar o pagamento, os clientes podem ligar para o número 135 do INSS ou acessar o site Meu INSS. Nessas plataformas, eles podem conferir todas as informações de pagamento e pendências de forma simples e direta.

Como todos os anos, é necessário que todos os beneficiários fiquem atentos às datas e instruções para a retirada do primeiro e segundo lote da décima terceira parcela.

Calendário do 13º salário do INSS 

Para quem ganha um salário mínimo:

Final 1 – pagamentos em 24/4 e 24/5;

Final 2 – pagamentos em 25/4 e 27/5;

Final 3 – pagamentos em 26/4 e 28/5;

Final 4 – pagamentos em 29/4 e 29/5;

Final 5 – pagamentos em 30/4 e 31/5;

Final 6 – pagamentos em 2/5 e 3/6;

Final 7 – pagamentos em 3/5 e 4/6;

Final 8 – pagamentos em 6/5 e 5/6;

Final 9 – pagamentos em 7/5 e 6/6;

Final 0 – pagamentos em 8/5 e 7/6.

Para quem recebe acima de 1 salário mínimo:

Final 1 e 6 – pagamentos em 2/5 e 3/6;

Final 2 e 7 – pagamentos em 3/5 e 4/6;

Final 3 e 8 – pagamentos em 6/5 e 5/6;

Final 4 e 9 – pagamentos em 7/5 e 6/6;

Final 5 e 0 – pagamentos em 8/5 e 7/6.

 

Bruno Ferreira
Bruno Ferreirahttp://redebrasilnews.com.br/
Além de sua atuação nas redações, Bruno Ferreira também explorou a era digital, envolvendo-se em projetos de mídia online, podcasts e outras formas inovadoras de contar histórias. Sempre em busca de novas formas de se conectar com o público, um defensor incansável da liberdade de imprensa e da importância do jornalismo independente na sociedade contemporânea.

Últimas Notícias