17.7 C
São Paulo
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img

FGTS: antecipação torna atraente para golpe que afeta trabalhadores; Veja como não cair

Leia Mais

Desde que o ministro do Trabalho, Luis Marinho, informou que estava se esforçando para acabar com o saque do aniversário do FGTS (Fundo de Garantia para a Vigência do Serviço), as tentativas de golpe têm crescido. Tudo porque as supostas ofertas de bancos que liberam vencimentos, sob o risco de não conseguirem prever a parte do fundo de garantia, cresceram consideravelmente.

Declaração

Além do sorteio de aniversário, ele também foi disponibilizado em antecipação às parcelas do FGTS que serão recebidas dessa forma. Funciona como um empréstimo, e após a aceitação do adiantamento, o cidadão recebe de uma só vez o valor que será pago por três, cinco ou até dez anos. No entanto, o banco aplica a taxa de juros, reduzindo o valor final que será liberado.

Essa é inclusive uma das críticas do ministro do Trabalho, Luis Marinho. Ele acredita que o real objetivo do Fundo de Garantia, que é liberar ajuda financeira para aqueles que são demitidos sem motivo, aposentadoria, doença e outras situações, é perdido com a liberação de parte do fundo anualmente. Ainda mais quando um cidadão espera esses prêmios e corre o risco de zerar sua conta.

Declaração

No caso de um empréstimo, o banco recebe a parte do sorteio de aniversário do FGTS a que o cidadão tem direito. Recentemente, o número de reclamações sobre chamadas excessivas de bancos que oferecem esse tipo de antecipação cresceu. Mesmo com suspeitas de fraude e fraude, tentando convencer o cidadão a concordar com o procedimento.

Um empréstimo usando o saque de aniversário do FGTS é uma farsa?
Não! Como mencionado, esperar o saque do aniversário do FGTS por meio de empréstimo é legal. Por meio do aplicativo do FGTS, o cidadão autoriza bancos que podem consultar o saldo do trabalhador. A partir daí, esse banco simula quanto pode emprestar e qual é a taxa de juros. Tendo também enviado o valor do sorteio de Natal.

 

O que aconteceu foi o assédio aos consumidores, principalmente porque esse tipo de empréstimo pode em breve deixar de existir. Os bancos ligavam para tentar convencer o trabalhador a permitir esse tipo de operação. Quem se sentir desconfortável pode se cadastrar no portal “Não me incomode” e não receberá mais ligações de telemarketing.

Como identificar um golpe
Aqui estão as situações em que um consumidor deve suspeitar de um golpe:

  • O banco nunca pede antecipadamente o montante de uma parte do empréstimo, sem que o montante emprestado já tenha sido depositado;
  • Você não precisa passar a senha da conta ou do cartão para obter um empréstimo;
  • O banco terá acesso automático aos seus dados cadastrados no aplicativo do FGTS, não sendo necessário informar mais nada.

Últimas Notícias