27 C
São Paulo
sábado, março 2, 2024
- Publicidade -spot_img

Conheça as mudanças no Bolsa Família neste mês de Maio

Leia Mais

O cronograma de depósitos do Bolsa Família de abril já foi finalizado. Desta forma, o Governo Federal já divulgou detalhes sobre o calendário de maio. Veja o que muda neste mês e quais as datas de pagamento do benefício.
Imagem: Reprodução/Google

A Medida Provisória (MP) nº 1164, lançada em março de 2023, reformulou o Bolsa Família no país com o objetivo principal de erradicar a pobreza. O programa passou por um amplo processo de reestruturação que alterou as regras, valores e elegibilidade dos beneficiários.

As mudanças refletem o desejo de ampliar o trabalho do Bolsa Família para atender mais brasileiros em situação de vulnerabilidade social. A principal novidade são os benefícios complementares disponibilizados aos beneficiários do programa. Tais iniciativas permitem aumentar o valor da transferência de renda no final de cada mês.

A partir de junho deste ano, o programa Bolsa Família será complementado com um novo valor adicional de R$ 50 para jovens entre seis e 18 anos. Com esse novo procedimento, os beneficiários terão a oportunidade de receber um valor total de até R$ 950.

Quem tem direito ao Bolsa Família em maio

Todas as famílias com renda mensal de R$ 218 por pessoa têm direito ao Bolsa Família. Dessa forma, é preciso somar a renda de todos os membros da família e dividir pelo número de pessoas, que não pode ultrapassar R$ 218.

Por exemplo, uma mãe solteira com três filhos pequenos com renda de R$ 800 por mês, divide esse valor por quatro (o total de pessoas da família), e chega a R$ 200. Como R$ 200 é inferior a R$ 218, essa família tem direito ao benefício social. O pedido deve ser apresentado nas províncias, por meio dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS).

No mês passado, o governo reduziu milhares de beneficiários unipessoais, famílias unipessoais. No entanto, dias após o anúncio das reduções, o Ministério da Cidadania anunciou a abertura desses beneficiários, que agora precisam atualizar seus dados para continuar recebendo.

Novas regras para o Bolsa Família

As famílias beneficiárias do Bolsa Família também devem cumprir suas obrigações nas áreas de saúde e educação, que incluem:

  • Acompanhamento pré-natal;
  • Acompanhamento do calendário nacional de vacinação;
  • Acompanhamento do estado nutricional de crianças menores de 7 anos;
  • A matrícula escolar mínima exigida é de 60% para crianças de 4 a 5 anos e de 75% para jovens de 6 a 18 anos incompletos e que não tenham concluído o ensino fundamental;
  • Manter o cadastro consolidado atualizado, pelo menos a cada 24 meses.

O programa Bolsa Família foi criado como estratégia governamental para atender crianças em situação de vulnerabilidade social. O direito inicial é de R$ 150, porém, a partir de março de 2023, as famílias beneficiárias poderão aumentar a transferência de renda em até R$ 300 com um novo bônus. No total, 8,9 milhões de crianças de 0 a 6 anos receberão o Bolsa Família no valor de R$ 150, que exigiu um investimento de R$ 1,34 bilhão do governo federal, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Assistência Social, Família e Controle da Fome (MDS).

Além disso, famílias com adolescentes de até 18 anos e mulheres grávidas receberão um adicional de US $ 50 por adolescente ou criança.

Calendário do Bolsa Família em maio

Neste mês, o pagamento do Bolsa Família terá início no dia 18 de maio para beneficiários com o número final de inscrição social de 1 NIS, e seguirá de forma escalonada até o dia 31, recebendo beneficiários com NIS final 0.

Captura de tela 2023 05 10 060608

Últimas Notícias