17.7 C
São Paulo
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img

Calendário do Bolsa Família: quem recebe antecipadamente em maio?

Leia Mais

A Caixa Econômica Federal começa a emitir um novo lote do Bolsa Família em até 15 dias para 21 milhões de beneficiários. O calendário de maio do programa social começa no dia 18 para os inscritos com depósito final do NIS 1 e continuará depositando parte de R$ 600 até 31/05.

Em maio, o valor do prêmio permanece o mesmo dos meses anteriores: o direito médio deve ser de R$ 670 por família, mais R$ 150 adicionais para crianças de até 6 anos. A Vale Gás, que é bimestral, só recebe em junho.

Já para junho é esperado um aumento no valor médio recebido pelas famílias. No próximo mês, o governo planeja liberar mais R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos incompletos.

Bolsa Família previsto para maio. Quem recebe?

O calendário do Bolsa Família em maio segue a mesma dinâmica habitual do programa, com o recurso sendo lançado nos últimos 10 dias úteis do mês. No entanto, há dois grupos que poderão sacar recursos antes da data especificada no calendário.

Quem recebe o Bolsa Família há algum tempo já conhece a antecipação que a Caixa faz para os grupos que o recebem nesta segunda-feira. Neste mês, os dois grupos que receberão o prêmio esperado serão:

  • 22 de maio – Pré-pagamento do NIS  Final 3  (Paga Dia 20)
  • 29 de maio – Pré-pagamento de NIS Final 8  (Paga Dia 27)

Veja a tabela completa do Bolsa Família em maio:

Miniatura para Youtube concurso publico moderno azul e preto 15

O governo vai consolidar os pagamentos em maio?

No mês passado (abril), famílias que moram em municípios atualmente em estado de emergência puderam sacar o Bolsa Família já antecipadamente no primeiro dia de pagamentos.

Cerca de 365,4 mil famílias dos estados do Acre, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e São Paulo foram beneficiadas pela medida. Saiba quais cidades/estados alcançaram o benefício esperado:

  • 43,85 mil famílias de Rio Branco-AC;
  • 7.781 mil famílias do Espírito Santo;
  • 181.836 mil famílias em São Paulo;
  • 132.227 famílias no Rio Grande do Sul;

Para maio, o governo federal ainda não confirmou se haverá novamente uma consolidação dos pagamentos na primeira data do calendário. Assim, ainda não é possível afirmar se o lote deve ser esperado para esses municípios.

Pagamentos retroativos a agregados familiares proibidos

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) anunciou o início do bloqueio para famílias unipessoais que atualizaram o cadastro individual entre março e abril. Nos últimos meses, os pagamentos a mais de um milhão de beneficiários foram bloqueados até que eles fossem pessoalmente ao CRAS prestar esclarecimentos.

O governo federal investiga cerca de 5 milhões de famílias que aderiram ao programa social no ano passado e suspeita de fraude no recebimento. De acordo com o MDS, foram identificados pagamentos duplicados de quem se declarou uma pessoa e morava com outros membros que também recebem o Bolsa Família.

As famílias que atualizaram o cadastro e não possuem nenhum tipo de pendência serão desbloqueadas no prêmio de abril e poderão sacar retroativamente o recurso junto com o calendário do Bolsa Família em maio.

Últimas Notícias