25.4 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024

Comissão aprova mudanças no programa do Bolsa Família; Veja detalhes

Leia Mais

A comissão mista que analisa a medida provisória do Bolsa Família concordou nesta quarta-feira (10) com o parecer da proposta. O texto, que já entrou em vigor, ainda precisa ser analisado pelos plenários da Câmara e do Senado.

Declaração

Entre as propostas incluídas pelo relator, deputado Dr. Francisco (PT-PI), estava a inclusão de lactantes entre os beneficiários de bônus de R$ 50. A proposta, apresentada pelo Governo Federal, prevê um valor adicional para dependentes entre 7 e 18 anos e gestantes.

O relatório inclui um empréstimo consignado com recursos de direito contínuo (BPC), pago a idosos e pessoas com deficiência. Com isso, o texto permite o uso do BPC em um empréstimo consignado com margem de 35%, 30% dedicado exclusivamente a empréstimos e financiamentos e 5% para pagar despesas de cartão de crédito.

Por acordo, o relator também incluiu no parecer a possibilidade de deduzir os percentuais do BPC da conta de obtenção do Bolsa Família (renda per capita inferior a R$ 218).

De acordo com a decisão, a medida leva a um aumento de R$ 19 bilhões para um orçamento de R$ 175 bilhões para o programa. Outro dispositivo incluía a concessão de benefícios a famílias que recebiam seguro fechado, desde que não acumulassem auxílio. O texto aprovado também prevê reajustes no valor do benefício do programa, no máximo, a cada dois anos. * Com informações da agência Câmara