18.1 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2024
- Publicidade -spot_img

Cnh Grátis; Detran libera 5 mil vagas para famílias de baixa renda e mulheres vitimas de violência

Leia Mais

- Publicidade -spot_img

O Programa Social de Formação, Qualificação e Qualificação Profissional de Motoristas, popularmente conhecido como CNH Social 2023, oferecerá mais 5 mil vagas para pessoas de baixa renda. Essa ação foi confirmada pela assinatura da Portaria pelo governador Gladson Camilli (PP) na semana passada.

Assim, os moradores do Acre que não conseguirem arcar com os valores exigidos no processo de qualificação poderão solicitar esse documento por meio do programa.

Lançado em 2022, o projeto está sendo implementado pelo Ministério do Trânsito do Estado do Acre (Detran-AC) e arca com os custos da primeira habilitação, bem como a adição e mudança de categoria para os elegíveis.

CNH Acre Social 2023
O programa está em andamento no estado desde o início do ano. Em janeiro, o Detran-AC convocou 304 pessoas para as vagas restantes. O decreto assinado pelo governador estabelece a oferta anual para 5 mil vagas.

“Hoje, o Acre é referência para outros estados com a implantação da CNH social. Tenho certeza que serão 5 mil pessoas que realmente precisam, que estão na cidade, no campo, que acabaram de concluir o ensino médio e que precisam de uma chance. Temos um Detran diferenciado, buscando fazer mais”, disse Camilli.

Em suma, o programa é voltado para alunos entre 18 e 25 anos, que tenham concluído o ensino médio na rede pública de ensino. Além disso, os moradores urbanos e rurais cadastrados no cadúnico também garantem o direito ao benefício.

“Atingimos um dos nossos principais objetivos, mais do que dobrar o número de vagas disponíveis em 2022”, disse Tainara Martins, presidente do Detran-AC.

Vagas especiais para mulheres vítimas de violência
Do total de vagas oferecidas pelo programa, 5% são para pessoas com deficiência (PCD), mas uma novidade foi criada para o programa deste ano. Mais mil vagas estarão disponíveis, especialmente para mulheres vítimas de violência e em situação de vulnerabilidade.

“Além dessas 5 mil vagas, também ofereceremos 1 mil vagas gratuitas para mulheres vítimas de violência doméstica. Nossa equipe está trabalhando nisso e, em breve, informaremos como essas mulheres obtêm benefícios”, explicou o governador.

Últimas Notícias