17.7 C
São Paulo
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img

Atenção trabalhadores! abono PIS-Pasep só poderá ser retirado nas próximas 48 horas: CORRA!

Leia Mais

Chegamos no sábado, 5 de agosto, data que marca o fim do prazo para a retirada das cotas do PIS-Pasep. Segundo a Caixa Econômica Federal, ainda há um grande montante disponível, totalizando R$ 25,5 bilhões, destinado a cerca de 10,4 milhões de trabalhadores que têm direito ao saque. É preciso ressaltar que somente quem teve vínculo empregatício entre 1971 e 1988 pode requerer esse benefício.

Mais de 500 mil trabalhadores do PIS-Pasep ainda não sacaram

Uma característica interessante deste programa é que os trabalhadores dos sectores público e privado podem ter direito a quotas. No entanto, é necessário que ainda não tenham implementado a retirada de valores. Esses recursos já estão disponíveis para correntistas e beneficiários legais desde 2020.

Surpreendentemente, poucos trabalhadores aproveitaram essa oportunidade. Segundo a Caixa, os trabalhadores sacaram apenas 513 mil reais, totalizando R$ 745 milhões desde que as cotas foram transferidas para o FGTS.

Então, como fazer um saque? A boa notícia é que esse processo é muito simples e prático. Pelo aplicativo do FGTS, disponível para dispositivos Android e iOS (link no final da matéria), será possível solicitar o saque. Basta abrir o aplicativo e procurar a mensagem “Você tem saque disponível” e, em seguida, tocar em “Solicitar saque do PIS-Pasep”. Neste momento, o trabalhador pode escolher se prefere receber o valor na conta de crédito ou fazer o saque presencialmente.

Após a escolha, é necessário conferir todos os dados e clicar em “Confirmar saque”. Após concluir essas etapas, o trabalhador pode escolher entre receber o dinheiro diretamente em sua conta bancária ou sacar em uma agência da Caixa. Em caso de dúvidas, o atendimento telefônico está disponível através do número 4004-0104 (para capitais e áreas urbanas) ou 0800 104 0104 (para outras regiões).

Se o direito não for retirado, vai para o sindicato

No entanto, é importante perceber que, caso o trabalhador não saque até o dia 5 de agosto, o Tesouro Nacional repassará os recursos. Nesse caso, o trabalhador ou beneficiário legal que desejar sacar o valor após o prazo determinado terá que apresentar um pedido de saque à União no prazo de 5 anos. No entanto, as informações sobre o procedimento necessário para submeter este pedido ainda não foram publicadas.

O bônus Pis-Pasep pode ter um impacto significativo nas finanças dos trabalhadores. Com o término do prazo para a retirada das cotas, é fundamental que quem tem direito a esse bônus aproveite essa oportunidade. Os valores disponíveis podem ser uma ajuda bem-vinda para lidar com gastos inesperados, quitar dívidas ou investir em sonhos e projetos pessoais.

Com o fácil acesso pelo aplicativo do FGTS, o processo de solicitação de saque se torna mais conveniente para os trabalhadores. Quem ainda não aproveitou essa oportunidade deve agir rapidamente antes que os recursos sejam transferidos para o Tesouro Nacional, como mencionado anteriormente.

Então não perca essa oportunidade! Se você tem direito às cotas do PIS-Pasep, aproveite o prazo e não deixe de sacar seus benefícios. Utilize o app do FGTS e siga as instruções para acessar os valores disponíveis. Ainda dá tempo de implementar essas ações e garantir o seu papel nesse benefício financeiro.

Consulta PASEP: www.bb.com.br/pasep

Consulta ao PIS:

Google Store: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.dataprev.carteiradigital&hl=pt_BR
Apple Store: https://apps.apple.com/br/app/ctps-digital/id1295257499

Últimas Notícias