19.1 C
São Paulo
quarta-feira, junho 12, 2024
- Publicidade -spot_img

Atenção! Nubank irá participar do Desenrola Brasil e vai limpar nome de clientes com dívidas de até esse valor: Confira

Leia Mais

Após muitos questionamentos da população e do próprio ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o Nubank anunciou nesta quarta-feira (19) que participará do Dessenrola Brasil. Até o momento, o banco digital não confirmou se participará ou não do procedimento. Por outro lado, uma das maiores fintechs do país ainda não anunciou os termos que serão oferecidos aos consumidores brasileiros.

Ao aderir ao programa do governo federal, o Nubank vai quitar clientes com dívidas de até R$ 100. De acordo com a fundação, mais detalhes sobre a renegociação serão fornecidos à medida que o processo avança.

“O Nubank será informado, oportunamente, sobre os termos e critérios para renegociação no âmbito do programa, bem como os canais de atendimento a serem fornecidos.” Dessa forma, a fintech reforçou o alerta para que os clientes não caiam em links suspeitos que ofereçam condições especiais pela Desenrola.

Com 1 milhão de clientes megativados

Segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o número de consumidores com dívidas em atraso de até R$ 100 cujos nomes podem ser quitados com a adesão do Nubank subirá de 1,5 milhão para 2,5 milhões. Isso aconteceu na última segunda-feira, durante entrevista coletiva da qual o ministro participou.

Além disso, Haddad afirmou ainda que o Nubank já havia indicado que sua participação no programa não foi útil nas reuniões introdutórias. A confirmação da fintech se deu por conta do incentivo fornecido pelo governo às instituições participantes e incentivos fiscais.

“Um banco só ficou em dúvida se aderiu ou não porque tem pouca vantagem no suposto crédito. Tem 1 milhão de CPFs negativados, Nubank, então estamos aguardando, se todos os grandes bancos aderirem, são 2,5 milhões de CPFs”, disse Haddad durante a coletiva.

Últimas Notícias