21.9 C
São Paulo
domingo, abril 14, 2024
- Publicidade -spot_img

Atenção! Cidadãos Brasileiros podem emitir a CNH sem pagar nada em 2023

Leia Mais

O Governo Federal oferece aos brasileiros diversos programas sociais e um deles se trata do CNH Social.
Imagem: Reprodução/Google

O governo federal oferece aos brasileiros muitos programas sociais e um deles é a CNH Social. Ou seja, o programa é fornecido aos cidadãos que desejam emitir o documento, mas não têm condições financeiras suficientes para suportar o procedimento.

É importante notar que nem todos os estados do país oferecem o programa de versão gratuita da carteira de motorista. No entanto, algumas regiões já oferecem interesse. Ou seja, o Programa Social da CNH é instituído por lei estadual. Por esse motivo, o programa não é garantido em todo o país, pois não há obrigação.

Regras gerais da CNH

Confira os principais critérios para participar da CNH Social em 2023:

  • Ser aluno de escola pública – no caso de um método estudantil;
  • Estar desempregado há mais de um ano;
  • Estar inscrito no registo individual (CadÚnico);
  • Ter 18 anos de idade ou mais;
  • Saber ler e escrever.
  • Ter renda familiar mensal de até dois salários mínimos;
  • Seja beneficiário de alguns programas sociais.

Estados que oferecem CNH grátis

  • Em primeiro lugar, é importante notar que aqueles que podem participar do programa economizam seu dinheiro em todas as etapas envolvidas na emissão de uma carteira de motorista nacional.

Então, verifique se o seu estado disponibiliza a CNH Social:

  • São Paulo;
  • Acre;
  • Goiás;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Tocantins;
  • Distrito Federal;
  • Espírito Santo;
  • Minas Gerais;
  • Rio Grande do Norte;
  • Roraima;
  • Mato Grosso do Norte;
  • Pernambuco;
  • Ceará;
  • Bahia;
  • Piauí;
  • Santa Catarina;
  • Amazonas;
  • Pará;
  • Paraná.

Como se inscrever no programa?

Ou seja, em cada estado onde o programa está disponível, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) passa a ser responsável pelas regras e emissão do documento.Portanto, é a identificação de cada local que introduz os requisitos para o registro da CNH Social, o que inclui o número de vagas. Assim, para o cadastro, é necessário que os cidadãos se interessem pelas comunicações do Detran em seu estado.

É importante ressaltar que as inscrições são feitas de forma totalmente online, por meio do portal do Detran. Se selecionado, envie o candidato para a autoescola mais próxima, para continuar o processo de emissão da CNH.

CNH 2023

Muitos brasileiros estão interessados em iniciar o procedimento para emissão de uma CNH, mas ainda não sabem os passos necessários. Por isso, confira abaixo cada etapa para lançar a primeira versão da carteira.
Inscrição

O primeiro passo para iniciar o processo de emissão da CNH é se matricular em uma escola de condução. Ao se inscrever, o candidato deve preencher um formulário com as informações necessárias para iniciar o procedimento.

Exames médicos

Na segunda etapa do processo de emissão da CNH, o candidato deve passar por dois tipos de exames médicos, a saber:

Psicotécnica – realizada em clínica aprovada pelo Detran, com valor médio de R$ 115; avaliação oftalmológica – realizada em clínica aprovada pelo Detran, com valor médio de R$ 110.

Curso teórico
Nesta fase, os alunos passam por um processo educativo, onde aprendem sobre: mecânica, primeiros socorros, conceitos básicos de condução, leitura de sinais, legislação de trânsito, entre outros temas. É importante notar que esse processo também ocorre em uma escola de condução.

Prova teórica
Depois de completar a carga horária em aulas teóricas, o candidato será submetido a um teste, durante o qual ele deve alcançar as respostas corretas mínimas necessárias para o sucesso. É importante ressaltar que o teste deve ser realizado no órgão do Detran. Além disso, um aluno que não passar no exame terá que pagar uma taxa de reprovação.

Aulas práticas
Depois de passar no teste teórico, o aluno passa para o estágio de aprendizagem na prática sobre liderança. Nesta fase, o condutor deve estar em contato com o automóvel ou moto, cumprindo um mínimo de: 20 horas/aula de prática de veículos na via pública, sendo 1 hora/aula noturna para a classe B (automóvel); e um mínimo de 20 horas/aula, sendo 1 hora/aula noturna para a classe A (motociclo).

Teste de condução
Na fase final de emissão, o cidadão deve fazer um test drive, acompanhado de um agente autorizado do Detran, que o habilitará ou não. Se falhar, será necessário testar novamente.

Últimas Notícias