19.9 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024
- Publicidade -spot_img

Atenção brasileiros! Veja se você tem o direito de sacar até R$20 mil do dinheiro retido das contas poupanças durante o Governo Collor

Leia Mais

Mencionando o plano Color, cabe ressaltar que muitas pessoas só ouviram falar desse fatídico acontecimento nos livros de história, o que, gostem ou não, pode acabar sendo um alívio, levando em conta a retenção do dinheiro dos cidadãos brasileiros.

Mais explicitamente, o plano da Color veio quando o governo Color anunciou que todo o valor proposto na caderneta de poupança para pessoas físicas locais seria retido e encaminhado ao governo federal, devido à situação econômica da época.

Depois de várias tentativas de recuperação de dinheiro por parte dos cidadãos, nenhuma delas conseguiu, pelo menos ainda não. Ou seja, cidadãos brasileiros que tiveram recursos retidos durante o plano Color agora poderão contar com um reembolso, tudo isso em decorrência de uma nova decisão judicial.

Saiba que você pode ter dinheiro a receber do plano Collor e veja o valor sugerido

Como sugerido em sinais recentes, o plano da Color surpreendeu os brasileiros. Naquela época, os recursos retidos faziam com que as mãos de muitos ficassem amarradas sem fazer nada, já que todas as economias de parte das pessoas eram propostas em cadernetas de poupança.

Dessa forma, mais de 30 anos após o fatídico evento, os brasileiros têm a oportunidade de recuperar o valor que foi retido. É importante ressaltar que, infelizmente, uma parte significativa dos indivíduos que já passaram pelo plano faleceu, no entanto, ainda há algo a ser feito.Para um melhor entendimento, a Justiça autorizou parentes dos proprietários do falecido, como cônjuges, filhos, pais e demais parentes, ou seja, até o grau 4, a acessar os recursos e recuperar o valor retido no momento em questão.

O total pode variar de acordo com a retenção da temporada. Por exemplo, há o caso de uma filha grávida, já falecida, que pode recuperar mais de R$ 150 mil.

Como solicitar um reembolso?

Primeiramente, é preciso verificar o processo de consulta do valor. Ou seja, é bem possível verificar se há recursos para receber ou não sem precisar sair de casa. Para isso, o indivíduo deve acessar o site do Tribunal de Justiça de cada estado.

Assim, será necessário indicar o CPF (Cadastro de Pessoa Física) de seu titular e verificar o valor. Também é possível fazer isso presencialmente, comparecendo ao referido órgão. Agora, o processo de resgate pode ser um pouco mais complicado.

Para recuperar o dinheiro, portanto, um indivíduo, seja o titular ou o herdeiro, deve entrar como parte completamente legítima perante a ação judicial. Essa etapa pode exigir a ajuda de um advogado, pois é mais complicada.

Além disso, de acordo com as normas legais de restituição, é possível proceder com o reembolso dos recursos até junho do ano de 2025. Se esta etapa não for executada corretamente, os fundos podem ser perdidos permanentemente.

Últimas Notícias