14.7 C
São Paulo
domingo, julho 14, 2024

Atenção beneficiários! Bolsa Família tem valor bloqueado pelo Governo Federal

Leia Mais

Maior programa social de atividade do país, o Bolsa Família enfrentou alguns problemas relatados por moradores que conseguiram acessar o direito. Por isso, o governo federal decidiu suspender o pagamento do Bolsa Família. Descubra quando isso aconteceu e quando será o lançamento; confira abaixo.

Declaração

O Bolsa Família está de volta. Agora, o direito social tem um aumento em seu valor base, chegando a R$ 600. Além disso, as famílias participantes do programa também terão acesso a novas inscrições feitas pelo governo federal de acordo com os membros que compõem suas famílias.

Para famílias com crianças entre 0 e 6 anos, receberão um pagamento adicional de R$ 150 por criança; no caso de gestantes e jovens entre 7 e 18 anos de incompletos, a família receberá um pagamento adicional de R$ 50 por pessoa nessas características.

Declaração

No entanto, as coisas não estão fluindo bem no estado do Rio de Janeiro, onde problemas relacionados ao pagamento do benefício têm sido relatados nas unidades dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS). Esses casos levaram a uma suspensão parcial do pagamento devido a enormes filas.

Bolsa Família: Qual o motivo da suspensão?

O motivo da suspensão deveu-se às filas encontradas nos pontos de pagamento do benefício. No entanto, muitas dessas filas se deviam ao “pente microdente” usado pelo governo federal, que aplicou o comentário a pessoas que se registraram como uma pessoa.

Ou seja, as pessoas que se cadastraram alegando morar sozinhas foram impedidas de se cadastrar para maiores esclarecimentos. Essas pessoas terão 60 dias para organizar seu cadastro, ou pelo menos esclarecer as dúvidas que rodopiam na cabeça dos fiscais do Ministério do Desenvolvimento Social.

O que fazer se o registro for bloqueado?

Será necessário que você vá até um ponto real no cadastro individual ou CRAS e faça a organização do seu cadastro. Os documentos a serem verificados são o CPF do responsável pela família, o documento de identidade (RG), comprovante de residência e comprovante de renda recente.

Últimas Notícias