14.7 C
São Paulo
domingo, julho 14, 2024

Atenção aposentados! Criminosos agem com nova tática do golpe do consignado do INSS; Saiba como se prevenir

Leia Mais

O golpe da folha de pagamento para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) está em uma cara nova. Os criminosos estão comprando ilegalmente um “kit de fraude” com os dados pessoais das vítimas para aplicar os golpes, sem ter que entrar em contato com os beneficiários.

O chamado “kit de fraude” do golpe da folha de pagamento é composto por informações como documentos e dados pessoais, que incluem a selfie do aposentado em posse do documento – essa foto serve como assinatura eletrônica e possibilita a tomada dos empréstimos. O esquema foi revelado pelo Fantástico, da TV Globo.

Criminosos compram informações pessoais em grupos clandestinos na internet e até contam com a ajuda de funcionários do INSS. Com esses dados em mãos, eles podem, via aplicativo Meu INSS, a liberação do empréstimo, além de até mesmo conseguir a alteração de senha do aplicativo.

Como se proteger do golpe da folha de pagamento?Infelizmente, não existe uma estratégia exata que garanta a proteção dos usuários para o golpe da folha de pagamento e/ou outros, no entanto, existem algumas formas que podem potencializar sua prevenção em relação a fraudes nas redes:

  • Sempre desconfie de sites que exijam cadastro, e nunca forneça dados pessoais a terceiros, ou seja, sempre proteja informações como conta bancária, senhas e cartões de crédito;
  • Fique sempre atento aos pagamentos mensais do INSS, para que os descontos atrelados aos empréstimos nunca passem despercebidos;
  • Fique de olho nas movimentações em sua conta, monitorando possíveis saques e novos contratos;
  • Caso alguma irregularidade seja reparada, apresente um pedido de suspensão e cancelamento do empréstimo pelos canais oficiais do instituto, além de informar o banco ou instituição financeira responsável pela concessão do crédito;
  • Registrar um boletim de ocorrência (BO) junto às autoridades responsáveis, para auxiliar na investigação policial relacionada a fraudes.

Últimas Notícias