17.1 C
São Paulo
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -spot_img

Aposentadoria 2024: confira as mudanças e regras preparadas para o Ano Novo

Leia Mais

Com a reforma da Previdência, a cada ano a idade do absenteísmo e do descanso que você sonha aumenta a cada ano. Portanto, a aposentadoria em 2024 pode estar um pouco distante para alguns brasileiros.

A reforma da Previdência de 2019 trouxe algumas mudanças para os trabalhadores brasileiros, a maioria delas não interessantes. Por exemplo, algumas regras para a aposentadoria serão alteradas em 2024. Isso pode fazer com que você fique um pouco longe de se afastar do trabalho.

Regras de transição de aposentadoria 2024

As regras de transição foram criadas para atender trabalhadores que já haviam contribuído para o INSS antes de 2019, quando a reforma foi implementada. Ela é aplicada aos trabalhadores que ainda não cumpriram os requisitos de aposentadoria em novembro de 2019.

Pontos

Esse modelo combina: idade + tempo mínimo de contribuição. Nele, a ideia é subir a cada ano até que o homem consiga 105 pontos e a mulher 100. Em 2024, os trabalhadores terão que somar 101 pontos, se forem homens, e 91, se forem mulheres. Veja abaixo a programação completa:

Captura de tela 2023 12 12 064236

Nesta forma, o trabalhador deve, no mínimo, ter:

  • Homens: 35 anos de contribuição
  • Mulheres: 30 anos de contribuição

Idade progressiva

Nesse modelo há uma combinação de: idade mínima + tempo mínimo para contribuir, o mesmo que antes: 35 anos para homens e 30 anos para mulheres. Na idade progressiva, o limite de idade aumenta a cada ano em 6 meses.


Com isso, em 2024 para a aposentadoria, será necessário ter 63 anos e 6 meses, se homem, e 58 anos e 6 meses, se mulher. Veja a tabela completa abaixo:

Captura de tela 2023 12 12 064540

Capacidade mínima

É necessário que a idade mínima seja válida para a maioria dos anos, pelo menos 15 anos de contribuição. Esse tipo de aposentadoria atingiu o limite estabelecido pela Previdência neste ano.

Com isso, em 2024 para se aposentar, é necessário ter pelo menos 15 anos de contribuição e 65 anos, se for homem, ou 62 anos, se for mulher.

Outro aspecto importante sobre esse método é que para cada ano acima do mínimo de 15, 2% é adicionado ao salário.


Qual a melhor regra de aposentadoria em 2024?

Antes de solicitar a aposentadoria, é importante ficar atento a alguns fatores:

  • Verifique seus dados no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais)
  • É importante saber se os empregadores inseriram seus dados no sistema, como salários de contribuição
  • Além disso, o sistema também pode prever se você tem direito a alguma aposentadoria privada
  • Você pode fazer a simulação e ver todas as opções disponíveis para você. Na verdade, o sistema mostrará quanto tempo de contribuição você ainda tem para chegar à base.
  • É possível, inclusive, que um mesmo trabalhador tenha direito a mais de uma regra. Nesse caso, é importante analisar qual é mais útil.
  • Aqui, pode ser interessante contratar um especialista para orientá-lo em suas opções.

Valor da aposentadoria

A reforma também trouxe uma mudança no valor recebido, antes que o trabalhador recebesse 80% do seu salário. Com a reforma, passou a receber 60% da média salarial de julho de 1994 até o mês anterior ao pedido.

Essa regra vale para os trabalhadores que querem se aposentar com tempo mínimo de contribuição, sem pagar as taxas criadas no reparo.

Por exemplo, se John recebesse um salário mensal de R$ 2.500, depois de contribuir por 15 anos, sua aposentadoria seria de R$ 1.500.

Com isso, é provável que o valor da aposentadoria não seja o mesmo que o segurado recebia em salário. O cálculo é realizado até o teto do INSS, atualmente em R$ 7.507,49.

Últimas Notícias