17.7 C
São Paulo
domingo, abril 21, 2024
- Publicidade -spot_img

A presidente da Caixa Econômica, Maria Rita Serrano, afirmou que pode começar a pagar Bolsa Família com o real digital; Veja essa nova novidade

Leia Mais

Presidente do banco estatal antecipa possível utilização da criptomoeda nos pagamentos do benefício social.
Imagem: Reprodução/Rede Brasil News

A presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Rita Serrano, disse que o Bolsa Família e outros benefícios sociais e trabalhistas podem ser pagos por meio da realidade digital. A criptomoeda oficial do Banco Central (BC) ainda está em fase de desenvolvimento.

“Você pode considerar o pagamento de benefícios sociais e trabalhistas em token [convertido em ativos digitais] no futuro”, disse Serrano.

O CEO afirmou que a instituição financeira quer alavancar a realidade digital para promover a digitalização financeira em conjunto com a inclusão social. “A Caixa está presente em 99% dos municípios brasileiros e tem 155 milhões de clientes. É um grande celeiro para testar soluções.”

Consórcio

Na última quarta-feira o banco lançou (26) consórcios com a bandeira da Elo e Microsoft, com o objetivo de desenvolver o projeto-piloto de realidade digital. Segundo o vice-presidente de finanças da Caixa, Marcos Braziliano Rosa, a organização pode realizar o projeto sozinha, mas “isso vai levar mais tempo”.

Rosa acredita que a parceria com a Elo permitirá a criação de opções de criptoativos com pagamento parcelado, semelhante a uma fatura de cartão de crédito. A Microsoft trará sua expertise tecnológica, acelerando a implementação da realidade digital.O token possui uma representação numérica, o que facilita o uso em ambientes virtuais. Esse ativo pode ser comprado e vendido, através de códigos com requisitos, regras e processos de identificação.

O real digital está em fase de testes desde março e deve ser lançado apenas para brasileiros no final de 2024.

Compra de imóveis

Um dos focos do consórcio implementado pela Caixa é o financiamento imobiliário em criptomoeda oficial. O vice-presidente de serviços financeiros da Microsoft Brasil, Júlio Gomes, explica que o processo será semelhante ao uso do Pix para adquirir e pagar parcelas da casa própria.

“A principal contribuição desse processo será aumentar a celeridade e reduzir o custo do financiamento habitacional”, disse.

“O financiamento habitacional leva, em média, 25 dias para chegar ao cartório. É capaz de agilizar e melhorar o serviço.”

Últimas Notícias