21.7 C
São Paulo
sábado, março 2, 2024
- Publicidade -spot_img

14º salário do INSS volta a ser discutido pelo Governo Federal

Leia Mais

14º salário do INSS volta a ser debatido entre agentes do governoFonte FDR: https://fdr.com.br/2023/03/07/14o-salario-do-inss-volta-ser-debatido-entre-agentes-do-governo/

Imagem: Reprodução/Google

Em 2020 foi criado o projeto de lei que levou ao décimo quarto salário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Naquele ano, o mundo sofria com a pandemia de Covid-19 e, por ordem do governo, o décimo terceiro salário de aposentados e aposentados foi antecipado para o primeiro semestre do ano. A ideia do 14 era liberar um subsídio adicional no final do ano para cobrir as despesas desse grupo.

Declaração

O PL 4367/2020 visa estabelecer, excepcionalmente, para 2020 e 2021, o décimo quarto salário do INSS. A ideia é beneficiar aposentados e aposentados da época que recebiam auxílio financeiro antecipadamente, que no final do ano ficavam sem qualquer subsídio. 13 não foram extintos em 2020 e 2021, e só eram esperados, como também aconteceu em 2022.

O objetivo era proporcionar segurança financeira a esse público mais vulnerável durante a pandemia. Isso porque são idosos e pessoas com algum tipo de deficiência, especificamente o grupo de risco Covid-19. Em 2020, o governo federal permitiu que eles recebessem o subsídio antecipado para lidar com o isolamento e possíveis despesas.

Declaração

A 14ª folha salarial do INSS chegou à Câmara e foi aprovada em algumas comissões, mas voltou à estaca zero em 2023. Isso significa que, para qualquer chance de aprovação, é necessário que o texto seja aprovado novamente por deputados e senadores do Congresso Nacional. Finalmente, ele é punido pelo presidente da República.

O que o governo Lula acha do 14º salário do INSS?

Embora as chances de aprovação do salário 14 do INSS sejam baixas, isso ainda é um requisito para aposentados e aposentados. Além disso, com o interesse de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se posicione a favor desse projeto e da liberalização de valores.

No entanto, em nome do Governo, o ministro da Segurança Social, Carlos Lupi, não acredita que seja possível aprovar este subsídio adicional. Tudo porque o ônus orçamentário que esse recurso carrega é muito grande. Ou seja, será necessário liberar um subsídio para 2020 e 2021 para mais de 30 milhões de pessoas. 

Mas de onde pode vir o dinheiro para custear o salário 14 do INSS? É justamente esse ponto que impede a aprovação imediata do projeto, que o ministro mencionou.

“O 14 é mais difícil porque é muito alto. Eu não posso agarrar o céu com minhas próprias mãos. Tenho uma realidade muito difícil. Não podemos fazer tudo ao mesmo tempo porque senão o governo não aguenta”, disse Carlos Lupi.

Últimas Notícias