21.2 C
São Paulo
domingo, março 3, 2024
- Publicidade -spot_img

Petrobras anunciou nova mudanças no preço da gasolina que surpreenderam motoristas; Veja o valor

Leia Mais

asca 12
Imagem: Reprodução/Canva

Para encantar os consumidores, a Petrobras anunciou que o preço da gasolina e do diesel nas refinarias será reduzido a partir de quarta-feira, 1º de março. Por outro lado, na mesma data, o imposto federal sobre as declarações de combustíveis, com o objetivo de se beneficiar da arrecadação. 

Declaração

No cenário de redução do preço da gasolina para as distribuidoras, um litro de combustível passará de R$ 3,31 para R$ 3,18, representando uma queda de 3,92% ou R$ 0,13 por litro.

Por outro lado, o diesel terá diferenciação moderada, com queda de até 1,95% e o preço médio de venda por litro nas refinarias aumentou de R$ 4,10 para R$ 4,01, uma queda de R$ 0,08 por litro. Declaração

Segundo a Petrobras em nota à imprensa, o principal objetivo das reduções no preço da gasolina é fortalecer o equilíbrio dos preços do país com os mercados nacional e internacional por meio de convergência gradual. Assim, são consideradas as principais alternativas ao abastecimento do cliente, mantendo a participação de mercado necessária para otimizar os ativos. 

Dada a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel de composição diesel vendida nos postos, a participação da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, de R$ 3,62 por litro vendido na bomba.

O preço da gasolina e do diesel da Petrobras é alto em relação às cotações internacionais, uma “gordura” na política de paridade com valores externos que permitiria uma redução para compensar o efeito inflacionário da devolução de impostos.Comentando o preço paridade das importações, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse ontem à noite que tal política “significa que há um colchão” que aumentaria ou diminuiria o preço do combustível, e que este poderia ser usado.

Tuxação sobre o preço da gasolina
O Ministério das Finanças confirmou a devolução dos impostos sobre a gasolina e outros combustíveis. Os impostos serão reaplicados novamente a partir de março, afetando o bolso do consumidor. 

A pauta ainda está em fase de discussão entre a pasta e a Petrobras. Segundo informações do consultor do ministério, tributar a gasolina superará os custos do etanol, caracterizando uma medida alinhada ao objetivo de onerar o máximo possível de combustíveis fósseis. 

Declaração

Além disso, essa teria sido uma medida com o objetivo de “punir menos o consumidor”, com o objetivo da economia de manter a arrecadação. No entanto, a forma de restauração e os valores através da tributação da gasolina continuam a ser questões a serem identificadas entre o Secretário Executivo de Finanças, Gabriel Gallipoli, e o senador Jean-Paul Prats.

Últimas Notícias