25.4 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024

Confira as 8 dicas que realmente funcionam para pedir aumento salarial

Leia Mais

É surpreendente e um tanto perturbador constatar quantas pessoas que, ao longo de suas trajetórias, nunca tomaram a iniciativa de pedir aumento salarial. Muitos se abstêm de abordar tal questão porque estão envergonhados ou incertos sobre como criar um momento favorável para tal conversa, ou por medo de serem percebidos como mesquinhos ou arrogantes, superestimando seu próprio valor.

Em vez de buscar o que consideram justo, muitos preferem esperar, esperando que os empregadores percebam seu valor e automaticamente sugiram melhorias salariais que nem sempre acontecem, esse comportamento negativo, impulsionado por medos infundados, muitas vezes leva a lucros de baixa remuneração se houver mais proatividade e autoafirmação.

Dessa forma, vim reforçar um ponto crucial: pedir aumento é um aspecto muito popular e integrado da vida profissional! Ao seguir algumas recomendações básicas, você não será percebido como egoísta ou majestoso, especialmente se estiver apegado a um empregador razoável e justo. Portanto, uma conversa, que pode durar apenas cinco minutos, tem o potencial de aumentar significativamente sua remuneração e, consequentemente, seu bem-estar financeiro.

Quando pedir aumento

1. Entenda que pedir aumento é comum

A ansiedade pode ser uma companheira frequente ao abordar temas como aumentos salariais, mas é fundamental entender que, para os gestores, essa conversa é rotineira. Os funcionários estão acostumados a lidar com questões salariais regularmente, o que torna o assunto menos intimidante para eles.Se você tem um gestor com pouca razoabilidade e experiência, ele vai entender que conversas sobre remuneração são normais. A abordagem do assunto, quando feita profissionalmente, raramente causa desconforto ou impressões negativas. E é importante lembrar: mesmo que a resposta seja negativa, ela não vai piorar sua relação profissional, desde que seus pedidos estejam alinhados com as práticas de mercado e seu desempenho justifique a afirmação.

O aumento não é um presente, mas um reconhecimento do aumento do valor e da sua contribuição para a empresa. É necessário reter funcionários e é do interesse do gestor entender e estimar suas expectativas salariais.

2. Escolha o momento certo

O momento é fundamental na hora de pedir aumento. Evite se aproximar do seu gestor em momentos de estresse ou incerteza financeira para a empresa. Por outro lado, os momentos subsequentes de elogios, sucessos profissionais e satisfação com seu trabalho podem ser adequados para abordar o tema. Portanto, monitore o ambiente da empresa, o estado emocional do seu gestor e as condições atuais da empresa.


3. Avaliação do tempo de contribuição e do desempenho

Se passou um ano desde o último reajuste salarial e você mostrou excelente desempenho, nada mais justo do que resolver o problema salarial. Algumas empresas têm políticas de revisão salarial anual, mas se você não tem, a iniciativa deve partir de você.

Se você recebeu um aumento recente ou está na empresa há menos de um ano, solicitar um aumento pode ser prematuro, a menos que suas responsabilidades mudem drasticamente. E, claro, o mérito é crucial. Um histórico de erros ou insatisfação com seu trabalho por parte do gestor pode inviabilizar a solicitação.

4. Entenda os ciclos e orçamentos da empresa

Conhecer os períodos em que a empresa realiza avaliações salariais é vital. Algumas empresas realizam essas revisões anualmente, em datas específicas, outras o fazem simultaneamente com todos os colaboradores. Fique atento a esses períodos e planeje a conversa com antecedência.


Como se preparar antes da reunião

5. Entenda o valor do seu cargo

Antes de entrar em diálogos sobre remuneração, é essencial ter um conhecimento claro sobre o cenário da folha de pagamento em relação ao seu cargo e à região em que trabalha, já que existem diferenças significativas dependendo da localidade. Descobrir que sua remuneração está abaixo da média do mercado pode ser um argumento convincente ao pedir um aumento.

Por outro lado, se você notar que sua remuneração está acima da média, isso deve ser equilibrado ao determinar o valor esperado.

Uma estratégia eficaz e muitas vezes ilustrativa é o diálogo com os profissionais do seu setor. Uma abordagem direta dos salários pode ser inconveniente, mas perguntar sobre as expectativas salariais para determinadas funções em certas empresas pode render respostas sinceras. Consultar recrutadores e verificar se os dados da folha de pagamento estão disponíveis nas associações profissionais do seu setor também são práticas recomendadas.

6. Análise da política de folha de pagamento da empresa

Depois de entender o valor de mercado do seu negócio, também é importante analisar as políticas internas de folha de pagamento da sua empresa. Algumas empresas têm políticas rígidas em relação ao aumento percentual que podem oferecer, enquanto outras podem ser mais flexíveis e generosas. Saber como sua empresa está lidando com o aumento salarial pode lhe dar uma visão clara das possibilidades que existem.

No processo de pesquisa da estrutura salarial, se você identificar grandes disparidades salariais entre homens e mulheres que desempenham as mesmas funções, encontrará um problema mais complexo que vai além do conselho tradicional sobre pedir um aumento. Essa situação requer uma abordagem específica que se concentre em abordar e resolver as disparidades de gênero, e é fundamental garantir que seus dados comparativos incluam informações de ambos os gêneros.

Durante a reunião

7. O que esclarecer ao solicitar um aumento

Quando as pessoas buscam orientação sobre como exigir um aumento, muitas vezes percebo que elas imaginam que terão que formular um discurso abrangente sobre suas causas. É comum que eles fiquem surpresos e aliviados quando lhes digo que uma abordagem concisa geralmente é suficiente. É fundamental ter uma justificativa clara dos motivos, indicando como suas tarefas se desenvolverão, mas não é necessário dar um seminário detalhado.

Uma declaração objetiva pode ser muito eficaz: “Aprecio muito as oportunidades que tive de expandir minhas responsabilidades, como X e Y. Alcancei excelentes resultados e superei metas pré-determinadas. Podemos discutir a revisão do meu salário para refletir esse nível mais alto de contribuição?

“Gostaria de falar sobre a revisão do meu salário. Já se passou um ano desde o meu último reset, e desde então assumi muitas novas responsabilidades. Eu lidero nossa equipe de redação e consegui resolver esse antigo impasse com a equipe de design. Acho que estou indo bem e gostaria de discutir um aumento salarial que reflita essas novas tarefas.”

Mencionar um determinado valor é aceitável, mas começar sem um número válido também é aceitável. No entanto, esteja preparado para discutir valores quando solicitado.

Uma dica: se o seu chefe precisa da aprovação de outra pessoa para dar o aumento, faça uma breve lista de argumentos positivos. Se você tiver informações específicas sobre salários compatíveis, inclua-os.

8. Prepare-se para respostas negativas ou hesitantes

Se você receber “talvez” ou “vou pensar”, não desanime. Muitos presidentes não têm autonomia ou preferem não tomar uma decisão imediatamente. Em casos de resposta não positiva, é necessário conhecer os próximos passos. Esteja preparado para marcar um novo horário para abordar o tema ou, se o seu chefe for proativo, agradecer é o suficiente.

Se não, esta é uma oportunidade para perguntar: “Você pode me orientar sobre o que é preciso para eu considerar um aumento no futuro?” Se o salário máximo para o seu cargo já foi atingido, a promoção será o caminho para o aumento.

Avalie se você está disposto e capaz de seguir as diretrizes fornecidas e, se seu chefe não fornecer orientações claras, isso pode sugerir que procurar oportunidades em outros lugares pode ser a resposta para uma melhor remuneração.