14.7 C
São Paulo
domingo, julho 14, 2024

Brasileiros que não atualizar o CPF vai ficar sem identidade? Confira

Leia Mais

O Cadastro Individual (CPF) é certamente um dos documentos mais importantes para todos os cidadãos. Afinal, é ele quem permite o acesso a vários serviços, incluindo o novo bilhete de identidade nacional (CIN). Por esse motivo, é fundamental estar com a atualização do documento.

Entre outras coisas, o documento é necessário para que um cidadão abra uma conta bancária, ao solicitar um empréstimo ou tentar qualquer tipo de crédito. Mas, se o CPF for irregular, o cidadão pode encontrar muitas barreiras nos mais diversos serviços. Veja mais abaixo.

Atenção do brasileiro: regule seu CPF
Antes de mais nada, é importante destacar que a necessidade de regulamentação do CPF foi um dos temas norteados pelo Instituto de Identificação da Polícia Científica de Alagoas. Isso porque o órgão está finalizando os procedimentos para a implantação da nova Carteira Nacional de Identidade (CIN).

O Instituto também promoveu na última terça-feira (28) uma reunião com os coordenadores das funções da Rede Estadual para passar as diretrizes básicas do serviço, que acontecerá presencialmente. A organização da Parceria Colaborativa sobre Florestas é, portanto, obrigatória. Afinal, o número será o registro único da nova carteira.

Assim, o agendamento da emissão da nova carteira de identidade será possível apenas para cidadãos com CPF estruturado.

Inicialmente, quem tiver dúvidas sobre o documento pode consultar no site oficial da Receita Federal, disponível em https://bityli.com/zzUyuU. Se houver alguma suspensão, será necessário, em primeiro lugar, regular a situação. Só a partir daí o cidadão deve apresentar um pedido de novo bilhete de identidade. Em geral, a alteração no documento com identificação por meio de CPF busca reduzir a fraude, já que se trata de um número único emitido pela autoridade fiscal.



Saiba como consultar a situação do documento
Até recentemente, um brasileiro podia ter mais de um número de RG. Ou seja, um em cada estado do país, o que aumentou o risco de fraude. No entanto, o mesmo não acontece com o CPF, que tem uma numeração. Por esta razão, as orientações são aceder ao site do IRS e preencher um formulário para aceder ao quadro regular de parceria cooperativa.

Vale ressaltar que todos os estados brasileiros têm até o dia 6 de novembro para implementar todo o novo modelo de carteira de identidade. Até o momento, as nações qualificadas são:

Acre;
Alagoas;
Goiás.
Mato Grosso, Mato Grosso,
Minas Gerais
Pernambuco;
Piauí.
Pará
Rio de Janeiro;
Rio Grande do Sul;
Santa Catarina.

Pelo menos 200 mil brasileiros já têm acesso aos documentos físicos da carteira de identidade nacional, e mais de 175 mil foram baixados em formato digital, que utiliza o CPF como registro público único, válido em todo o território nacional.

O documento também contém um código QR, que o validará, além de um código MRZ (emitido em passaportes) e ícones contendo informações como o tipo sanguíneo de seu titular, por exemplo, e se é um doador de órgãos. Para mais detalhes, siga o status do seu caso.

Últimas Notícias