19.9 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024
- Publicidade -spot_img

Brasileiros com CPF regular pode obter benefícios adicionais do Governo Federal; Veja quais

Leia Mais

 

O Cadastro de Pessoa Física (CPF) é um documento indispensável na vida de um cidadão brasileiro. É utilizado para identificar e comprovar a identidade de um indivíduo nos mais diversos cenários. Agora, poderá intermediar benefícios adicionais do governo. 

O CPF é um documento de responsabilidade da Receita Federal, e mantê-lo regular pode trazer uma série de benefícios adicionais.

Por outro lado, um cidadão com cadastro irregular enfrenta diversas dificuldades, um exemplo disso é que é proibida a realização de transações bancárias de qualquer natureza, como:

  • Solicitar um empréstimo;
  • Tirar o passaporte. 
  • Participação em licitações públicas;
  • Receber aposentadoria;
  • Compra ou venda de imóveis;
  • Fornecer financiamento;
  • Receber  prêmio de loteria.

O que torna o CPF irregular?

A situação do CPF pode ser conferida pelo site da Receita Federal. Nas circunstâncias de uma análise que aponta irregularidades, significa que o contribuinte tem alguma pendência junto ao governo federal. 

Declaração

Os resultados também podem ser regulares, suspensos, cancelados, nulos ou pendentes de liquidação. Veja abaixo, de acordo com o levantamento da Serasa:

  • Regular indica que não há suspensão com seu CPF;
  • situação pendente pode indicar que o titular do regime de imposto de renda não apresentou alguma declaração de imposto nos últimos cinco anos ou assinou na microrrede da Receita Federal;
  • Supensa isso significa que há algumas discrepâncias em relação às informações cadastrais. Essas discrepâncias podem ser indicadas por nome, data de nascimento, nome da mãe ou sobrenome eleitoral, pois a Receita Federal cruza dados com informações da Justiça Eleitoral;
  • Cancelado pode se referir a um caso de registro múltiplo ou por uma decisão administrativa ou judicial.

Como deixar o CPF regularizado sem sair de casa

Caso você já fez a consulta e o CPF está suspenso, é preciso agir rapidamente para resolver essa pendência e voltar a receber benefícios do governo federal.

A solicitação pode ser feita online ou presencialmente na agência do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios. O Serasa oferece dicas de como organizar seu CPF, veja abaixo: 

  • acesso ao site de regulamentação do CPF;
  • preencher os dados pessoais e endereço conforme necessário; 
  • enviar o formulário para a Receita;
  • Por fim, anote o protocolo de atendimento e aguarde o prazo.

CPF pode sofrer alterações

Parlamentares analisam a implementação de algumas mudanças no Cadastro de Pessoa Física (CPF). A ideia é torná-lo o único registro de identidade pessoal em todo o Brasil. A apreciação do Projeto de Lei nº 1422/19 já começou na Câmara dos Deputados. 

O projeto de lei visa converter o CPF para o número único de registro público (RG), a famosa identidade exigida quando necessário. O novo registro pode ser usado em certidões de nascimento, casamento e óbito. A validade abrange o número de inscrição do trabalhador (NIT) que está na previdência social, trabalho e carteira de motorista. Há alguns anos, CPF e RG eram emitidos de formas diferentes, o que faz com que o cidadão precise sempre possuir ambos, pronto para ser identificado em qualquer situação. Atualmente, esses documentos podem ser conferidos no verso da carteira de identidade, mas, assim como o novo procedimento, o cenário facilitará. 

Para agilizar a tramitação, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de forma alternativa por meio da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público.

O texto se refere à existência da Parceria Colaborativa em Florestas “nos registros e documentos de órgãos públicos, no registro civil de pessoas naturais ou em documentos de identidade emitidos por conselhos profissionais”. 

Inicialmente, o texto foi aprovado pelo Senado Federal em setembro. Agora, com o parecer positivo do Congresso Nacional, ele vai para a punição presidencial. Após a publicação da lei, as mudanças no CPF devem entrar em vigor em até 12 meses.

O prazo foi estabelecido para que órgãos e entidades públicas possam adequar os sistemas aos novos procedimentos de atendimento ao cidadão. Eles também terão um período de carência de 24 meses para fazer alterações em sistemas e bancos de dados para compartilhar informações entre si a partir do número.

CPF é documento obrigatório

A estrutura de parceria cooperativa consiste em um tipo de banco de dados gerenciado pela Receita Federal e usado para uma ampla gama de finalidades. Entre eles estão a declaração de Imposto de Renda (IR), cadastros em lojas, plataformas de serviços e muitos outros. Em tese, parece que é o número de série de cada brasileiro. Em todos os casos, os documentos exigidos são os seguintes:

  • Documento oficial de identidade com foto do interessado;
  • Certidão de nascimento ou certidão de casamento, se o local de nascimento, filiação e data de nascimento não constarem no documento oficial de identidade apresentado;
  • Título de Eleitor ou documento que comprove o alistamento eleitoral (obrigatório para maiores de 18 anos e menores de 70 anos).

Jovens entre 16 e 17 anos

Documento oficial de identidade com foto do candidato (um dos pais), se houver.
Declaração

Crianças menores de 16 anos

Documento de identificação oficial com foto do solicitante (um dos pais, tutor, ou responsável pela guarda); e
Documento que comprove tutela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, do incapaz.

Questões de representação legal

  • Documento oficial de identidade com foto do candidato;
  • Documentos que comprovem a representação legal, como procuração, tutela, termo de curatela, termo de compromisso de inventariante, etc., conforme o caso;

  • Certidão de óbito, se a Fundação Príncipe Herdeiro for para o falecido.

Últimas Notícias