17.1 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2024
- Publicidade -spot_img

Banco Central; O dinheiro esquecido está disponível para 30 milhões de brasileiros. Veja o seu saldo

Leia Mais

- Publicidade -spot_img

Um montante composto por cerca de 30 milhões de brasileiros que ainda não consultaram os fundos esquecidos pelo sistema de valores a serem recebidos. O Banco Central informou que no primeiro dia de divulgações, ainda em 2022, o site registrou 5.067.914 consultas, das quais apenas 26,6% foram positivas. 

Declaração

O Valores a receber, sistema que administra fundos esquecidos em instituições financeiras, voltou ao serviço ativo na última terça-feira, 18, após um lock down de 11 meses. Dados recentes mostraram que mais de cinco milhões de brasileiros já se esforçaram para ver se têm algum valor para resgatá-los. Foram realizadas exatamente 5.067.914 consultas públicas. 

Entre eles, 1.348.194 alcançaram resultados positivos com algum dinheiro esquecido a ser colhido, representando 26,6% do total. Outros 3.719.720, o equivalente a 73,4%, ficaram desapontados ao chegarem à porta dos valores a serem recebidos. Vale a pena notar que, se a mesma pessoa realizar duas consultas, o sistema calculará duas chegadas. 

Declaração

O banco central disse que o dinheiro esquecido estará disponível para dinheiro a partir da próxima terça-feira, 7 de março. Relatório da entidade financeira sobre valores esquecidos mostra que 643.105 pessoas têm mais de R$ 1.000,01 para retirar.



Os dados também percebem que 4,6 milhões de pessoas foram esquecidas entre R$ 100,01 e R$ 1 mil. No entanto, a maior parcela de beneficiários é daqueles com até R$ 10: são um total de 29,2 milhões de pessoas.

Os números referem-se ao total de contas, embora uma pessoa possa ter mais de uma conta aberta com fundos esquecidos. Os dados divulgados nesta semana pelo Banco Central são referentes a janeiro de 2023.

Como consultar dinheiro esquecido
O SVR tem cerca de R$ 6 bilhões em valores a serem recebidos por 38 milhões de CPFs e 2 milhões de CNPJs. O Banco Central indica que o único local por meio do qual consultar e saber solicitar a devolução de valores a pessoas jurídicas ou físicas, incluindo o falecido, é https://valoresareceber.bcb.gov.br.A consulta sobre valores esquecidos está suspensa desde abril de 2022, assim como as faixas. O asilo também será permitido pelos herdeiros e representantes legais do falecido.

Além do retorno do SRV, o BC anunciou mudanças nas consultas e mensagens externas aos usuários. Neste último caso, começam no dia 7 de março, a partir das 10h. Veja abaixo.

Declaração

  • Inclusão de todos os tipos de valores previstos no padrão SVR, ampliando a possibilidade e o valor do recebimento.
  • Compartilhe e imprima telas e protocolos de solicitação SVR, inclusive pelo WhatsApp, facilitando o acesso e o salvamento de informações do sistema.
  • Sala de espera virtual para manter o SVR aberto por tempo indeterminado, com acesso não programado.
  • Consulte o administrador fiduciário da pessoa falecida, com acesso ao herdeiro, testamento, inventário ou representante legal, e informe os dados de contacto da
  • Instituição responsável pelo valor e âmbito do valor.
  • Mais transparência para aqueles com uma conta conjunta. Caso um proprietário solicite o valor via SVR, o outro, ao entrar no sistema, poderá ver as informações do pedido: o valor, a data e o CPF da pessoa que o solicitou.

Últimas Notícias